sexta-feira, 19 de julho de 2019
Nada Pop

A beleza de um desencontro e o retrato da solidão em novo clipe da Loyal Gun

Apesar do título emo da nossa postagem, algo que você deve considerar como necessário, é provável que o novo clipe da Loyal Gun, “The Golden Ocean”, seja considerado um dos vídeos mais bonitos de 2015.

Singelo, sensível e com a trilha sonora perfeita, essa obra-prima com pouco mais de seis minutos é capaz de arrancar lágrimas até dos roqueiros mais durões do mundo. Com roteiro, direção e edição de Anderson Cosme, que também assina a produção com o lendário Dija Dijones, o clipe traz para a tela mais do que um simples desencontro de um casal (Cris Bittencourt e Guilherme Braz Prado), o mesmo consegue traduzir em poucos minutos o sentimento de solidão, tristeza e expectativa que só um casal, no fim do relacionamento, ou quem já passou por isso, poderá entender (ou sentir).

Claro, é possível enxergar a beleza do clipe mesmo se você ainda não passou por esse tipo de momento, mas com certeza sua percepção será mais humana ao conseguir se colocar no lugar dos atores e, parafraseando Charles Bukowski, entender que o amor é um cão dos diabos.

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Maurício Martins

Jornalista, pai da Maria Stella, fã de quadrinhos e ficção científica. Aficionado por música, especialmente pelo punk e hardcore. Também é idealizador e editor do Nada Pop.

%d blogueiros gostam disto: