terça-feira, 13 de abril de 2021
Nada Pop

Madellena lança Troublemaker; Som pra quem gosta de roque suado!

Madellena – Fotos por Karina Loyola (artes com base em fotos da Karina)

Madellena (Mad + Ellena) é uma banda capixaba formada em 2019, por Alexandre Mohammed (guitarra), Ignez Capovilla (baixo), Lívia Barcelos (vocal) e Vanessa Labuto (bateria).

Acompanho a banda desde seus primeiros passos ainda antes da pandemia, e confesso que já havia feito planos (mal planejados, esse é meu lance) de pegar o carro e enfrentar a estrada numa viagem de 7 horas pra chegar do nada num dos shows. Mas veio a pandemia né. E eu acabei me contentando em observar a movimentação de longe.

Recebi o primeiro single, “Troublemaker“, e fiquei viciada desde as primeiras contagens na baqueta sabe. Me lembrou Bikini Kill, L7, o roque bem descaralhado dos anos noventa. E me deu muita, muita, muita saudade mesmo de trocar suor num inferninho qualquer desses que a gente frequenta porque somos desaforadas demais pra nos curvar ao sistema e aos limites da vida adulta. E tô aqui escrevendo e ouvindo a faixa no repeat porque o único defeito dela é que ela acaba.

Capa do single por Madellena

Sem contar que eu sou fã de longa data de duas integrantes. Momento fofocore: Vanessa e Ignez são da primeira formação de uma das minhas bandas preferidas. A louca, suja, afrontosa e subversiva “Whatever Happened to babe Jane“!

Para fãs de roque suado, Madellena chegou chegando, causando, com a distorção no talo, riffs quentíssimos e deixou nesse single a promessa de todos os shows que virão e, por favor, que esse dia chegue logo. Esperando ansiosamente o disco, o clipe, os merch, os lado B. Mandem mais que tá pouco queridas!!! O single foi gravado no Estúdio Mantra, com produção de Bernardo John.

Ouça ‘Troublemaker’ aqui:

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Lety Trash

Lety é feminista interseccional, mãe, baixadense, compõe, toca guitarra, grava, produz e faz contatos na Trash No Star, fundadora e produtora na Efusiva Records e MOTIM. Troca água por café e o dia pela noite, edita, escreve e dá palpites anárkicos no Nada Pop.

2 Comentários

Deixe seu comentário