quarta-feira, 25 de novembro de 2020
Nada Pop

IN VENUS lança single-clipe de Ansiedade, tecendo críticas ao status quo e para incomodar

In Venus – Foto de Filipa Aurélio

Formada em São Paulo em 2015, a IN VENUS, que atualmente conta com Cint Murphy (voz e sintetizador), Duda Jiu (bateria), Rodrigo Lima (guitarra) e Patricia Saltara (baixo), é uma banda de post-punk que se preocupa em unir discurso à prática. Questionando o status quo, provocando reflexões e com composições pensadas de forma a transmitir o peso de existir num mundo urgente, desigual e nem sempre justo.

Desde seu primeiro lançamento em 2016, com o single “Mother Nature”, a banda coleciona produções que se completam tanto na produção, na equipe envolvida, nos vídeo clipes e nos shows. Tudo na IN VENUS conversa. Desde as guitarras, as linhas de baixo, o vocal que sente as letras, e um destaque para as baterias de Duda Jiu nesse último trabalho, que fizeram de Ansiedade uma música que aciona todos os nossos sentidos. É até doloroso assistir o clipe e sentir tamanha identificação. Mas foi exatamente isso que a banda quis provocar.

O Single/Clipe Ansiedade

Ansiedade: Preocupação intensa, excessiva e persistente e medo de situações cotidianas.

O Brasil ganhou o título de campeão de ansiedade no mais recente relatório sobre o tema publicado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Veja mais
E olhando para a atual conjuntura geopolítica brasileira (e mundial), é facil perceber o que motiva essa estatística.

Tecendo um olhar crítico para esse processo de adoecimento global, o single escolhido para apresentar o novo trabalho da banda, foi Ansiedade. E a produção, “é mostrada ao público com videoclipe soft gore que aponta diretamente para uma sociedade que precisa ser curada”, conta a banda.

O clipe, produzido por Brunella Martina, traz todos os elementos de uma atmosfera violenta que atua sobre os corpos em situações de ansiedade. A captação em VHS foi escolhida para provocar uma sensação atemporal, e citando novamente um trecho do release, “a produção audiovisual construiu um verdadeiro mosaico de situações aflitivas. Trazendo consciência sobre os sintomas, Ansiedade é um clipe-canção para incomodar”. E conseguiram.

Assista o clipe de Ansiedade:

O disco completo tem lançamento previsto para final de Janeiro de 2021, será em formato de vinil, com 10 músicas e distribuído pela No gods No masters. E no início de Fevereiro chega nos Streamings via Efusiva.

A capa e encarte estilo poster (60x60cm) foram pensados e criados pela Coletiva Formas, formada pelo time de artistas: Adriana Latorre, Brunella Martina, Camila Visentainer, Erikat, Filipa Aurélio, Thais Lopes e Thamu Candylust. Nos discos comprados na pré venda, será enviado um poster exclusivo (30x90cm) montado por Erikat e Rodrigo Lima.

Parte do valor da pré venda será destinado ao Projeto Vivência na Aldeia.

Vivência na Aldeia, é um projeto social, organizado pelo coletivo Cultive Resistência, que tem como objetivo principal a construção e a reconstrução de Aldeias usando técnicas de permacultura, bioconstrução e a implantação de novos elementos buscando um planejamento sustentável aliado a conhecimentos tradicionais em diversas aldeias. Saiba mais clicando aqui.

O disco encontra-se em pré venda no site da No gods No masters:

In Venus – Sintoma [pré-venda]

Ficha técnica – single Ansiedade

Produção e edição: Mari Crestani

Mixagem e edição: Malka Julieta

Masterização: Luis Tissot

Captação e edição: Helena Duarte (Estúdio Mestre Felino / Fevereiro de 2020)

Música por In Venus

Arte: Erikat

Projeto gráfico: Rodrigo Lima

Produção executiva: Cint Murphy e Patricia Saltara

Selos: No Gods No Masters e Efusiva

Ficha técnica – clipe Ansiedade

Direção: Brunella Martina

Co-criação: Thais Lopes

Montagem e finalização: Duda Jiu

Pós-Produção: Doceria Filmes

Direção de arte: Coletiva Formas

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Lety Trash

Lety é editora do Nada Pop, além de guitarrista na Trash No Star, fundadora e produtora na Efusiva Records e MOTIM, um centro de cultura feminista no Rio de Janeiro.