quarta-feira, 25 de novembro de 2020
Nada Pop

20 videoclipes inspirados em filmes de terror

Não importa se é celebração pelo Dia das Bruxas e Halloween, ou pela proximidade com o Dia de Los Muertos ou Dia de Finados. O período entre fim de outubro e início de novembro é marcado por lançamentos de terror, sejam livros, filmes e até eventos (agora on-line) sobre o gênero.

Por aqui, nós também não vamos deixar esse período passar. Decidimos listar 20 artistas que se inspiraram em filmes de horror e histórias assustadoras para gravar seus videoclipes.

1. Alice Cooper – He’s Back (The Man Behind The Mask)

O videoclipe que mostra Alice Cooper no papel de um dos slashers mais famosos da história do terror tem razão de ser, afinal a música é trilha sonora do filme Friday the 13th Part VI: Jason Lives (Sexta-feira 13 – parte 6: Jason Vive), filme de 1986.

2. Blur – The Universal

Laranja Mecânica (1971), de Stanley Kubrick, é enquadrado como ficção científica, porém a história perturbadora e violenta encantou também os fãs de filmes de horror. O clipe da banda britânica Blur mostra um espaço semelhante ao bar em que a violenta gangue do filme se encontrava e o sorriso de Damon Albarn, vocalista da banda, deixa tudo mais bizarro no vídeo.

3. Cemitério – Oãxiac OdèZ

O videoclipe de “Oãxiac OdèZ”, da banda brasileira de death metal Cemitério, não apenas se inspirou, mas usou cenas do filme O Estranho Mundo do Zé do Caixão (1968). A razão disso é que o disco, homônimo, é uma obra inteiramente feita para homenagear o maior nome do gênero no País.

4. Djonga (pt. Paige) – Corra!

A história do fotógrafo negro que vai conhecer os pais de sua namorada branca e descobre estar em uma conspiração racista e assustadora é a inspiração para a música e o videoclipe de Djonga. O filme de Jordan Peele é um marco no cinema de horror, porém foi indicado ao Globo de Ouro na categoria de Melhor Comédia. Quando questionado sobre isso, Peele disse que Corra! (2017), na verdade, era um documentário.

5. Fall Out Boy – A Little Sixteen Candles, A Little More “Touch Me”

Com claras inspirações em Os Garotos Perdidos (1987) e na franquia Blade (1998), o Fall Out Boy “bebeu o sangue” de diversas histórias de vampiros para produzir o clipe de “A Little Sixteen Candles, A Little More ‘Touch Me’”, e isso em 2006, muito antes da febre Crepúsculo (2008).

6. Ghost – Square Hammer

A banda Ghost já é bem assustadora visualmente (tanto que a gente imagina que o som será bem mais pesado do que realmente é), e no clipe de Square Hammer, o Papa Emérito III (pseudônimo de Tobias Forge, vocalista da banda) e os ghouls (como são chamados os outros integrantes da banda) assistem e participam de cenas muito parecidas com o clássico filme do vampiro Nosferatu, de 1922.

7. Iron Maiden – The Wicker Man

O Iron Maiden tem uma relação bem intensa com o horror, tanto que possui o famoso mascote Eddie, que também aparece no videoclipe de “The Wicker Man”, mesmo nome do filme de 1973 que inspirou a banda. A história de um policial cristão que vai investigar o desaparecimento de uma garota em uma ilha com habitantes estranhos que realizam rituais assustadores é pano de fundo para o clipe que deixa o espectador com a mesma angústia que sente o protagonista do filme.

8. Marilyn Manson – Cryptorchid

Elias Merhige é o diretor de um dos filmes mais perturbadores de todos os tempos, Begotten, de 1991. O filme é em preto e branco, não possui diálogos e é recheado de imagens de dor e sofrimento dos personagens. Alguns não gostam, mas Marilyn Manson gostou tanto do filme que, ao conhecer Merhige, o chamou para dirigir o clipe de “Cryptorchid”, que ficou bem parecido com o filme, e que de tão perturbador foi banido da MTV.

9. Metallica – One

Apesar de não ser considerado terror, o filme Johnny Got His Gun (1971) conta a história de um soldado que tem seu corpo gravemente ferido durante a guerra. Sem poder se movimentar, falar, sentir cheiro e ouvir, o homem ainda se mantém vivo e consciente, sem conseguir se libertar das memórias da guerra. Ou seja, o filme é mais terrível que muito ataque zumbi por aí, né? Lars Ulrich e James Hetfield, integrantes do Metallica, gostavam tanto dessa história que compraram direitos do filme para usá-lo no clipe de “One”.

10. Misfits – Scream!

Misfits é um nome certo em qualquer lista que envolva música e terror, e aqui a banda aparece com o clipe de “Scream!” que não é apenas inspirado nos clássicos filmes de zumbi: o vídeo é dirigido por ninguém mais ninguém menos que o próprio George A. Romero, o mesmo do clássico A Noite dos Mortos Vivos (1968) e de muitos outros como Despertar dos Mortos (1978) e Dia dos Mortos (1985).

11. Motörhead – Hellraiser

“Hellraiser” é uma música escrita por Ozzy Osbourne, lançada por ele no disco No More Tears, de 1991, mas é em 1992 que ela ganha uma regravação do Motörhead, para a trilha sonora do filme Hellraiser III: Hell on Earth. No vídeo, Lemmy enfrenta o famoso Pinhead, estrela da franquia Hellraiser em uma partida de pôquer.

12. My Chemical Romance – Honey, This Mirror Isn’t Big Enough For The Two Of Us

Famosa por seus videoclipes teatrais e megaproduzidos, um dos primeiros videoclipes do My Chemical Romance é simples, mas obscuro como todos da banda, e mistura cenas do grupo tocando em um local escuro com cenas inspiradas no perturbador filme de terror japonês Audição, de 1999. O filme conta a história de um viúvo que decide criar uma falsa audição para um filme na tentativa de encontrar, em meio as atrizes, sua próxima esposa. Ele até consegue, mas a história não tem um final tão feliz quanto ele sonhava.

13. Pitty – De você

O segundo disco da Pitty, Anacrônico, de 2005, rendeu três videoclipes que mostram a influência dos filmes de terror na obra da cantora. Em “Anacrônico”, música homônima do disco, Pitty se encontra em um hospital psiquiátrico com bonecas amaldiçoadas; em “Memórias”, a cantora canta em cima de um tabuleiro Ouija e evoca espíritos em um jogo macabro. Mas é “De você” que mais parece um filme de terror, daqueles clássicos trash de zumbis como os de George Romero, já citado aqui.

14. Ramones – Pet Sematary

Gravado no famoso cemitério Sleepy Hollow, de Nova York, o videoclipe dos Ramones tem todos os adjetivos possíveis: é de uma das melhores bandas da história e é trilha sonora de um filme clássico de terror baseado no livro da lenda Stephen King, Cemitério Maldito (1989). Quer mais? Então saiba que a música foi feita a pedido do próprio King e que o clipe tem participações especiais de Debbie Harry e Chris Stein, do Blondie, e dos membros do The Dead Boys. Zero defeitos.

15. Rammstein – Engel

Um Drink No Inferno (1996), clássico de Tarantino e Robert Rodriguez, e a cena de Salma Hayek dançando com uma cobra são as maiores inspirações do videoclipe de “Engel”, da banda alemã Rammstein, que é outra da lista que coleciona clipe assustador, né?

16. Rob Zombie – Living Dead Girl

Rob Zombie é outro nome que não causa surpresa na nossa lista, afinal, além de músico, Rob é ator, diretor e roteirista de diversos filmes de terror, incluindo dois remakes do slasher Halloween (que não são os melhores da saga, diga-se de passagem). O clipe de “Living Dead Girl” é inspirado em O Gabinete do Dr. Caligari, filme mudo de 1920 considerado como um dos maiores do movimento expressionista alemão, e conta com elementos de outros clássicos como a frase do início do clipe retirada de Lady Frankenstein (1971).

17. Slipknot – Spit It Out

Stephen King de novo na lista, dessa vez com O Iluminado, livro que ganhou uma adaptação cinematográfica em 1980 com direção de Stanley Kubrick (que já apareceu na lista também). Se você viu o filme e sentiu medo, se prepare para o clipe do Slipknot, que incluiu suas máscaras assustadoras em algumas das cenas mais marcantes.

18. Venuz – Deixa Ela Entrar

Inspirando-se na estética das séries American Horror Story: Coven (2013) e O Mundo Sombrio de Sabrina (2018) e na história de mulheres fortes que foram queimadas por serem livres, as meninas da Venuz formam um clã de bruxas no videoclipe de “Deixa Ela Entrar”, do EP Rebela, de 2019.

19. Vespas Mandarinas – Santa Sampa

O videoclipe do Vespas Mandarinas tem inspirações que vão do drama São Paulo S/A, de 1965, aos nomes do cinema marginal brasileiro Andrea Tonacci e Rogério Sganzerla, diretor do clássico suspense O Bandido da Luz Vermelha (1968), talvez por isso o resultado seja uma história meio terror trash meio filme cult. O clipe ainda conta com a participação da atriz Nicole Puzzi.

20. Zumbis do Espaço – O Mal Imortal

“O Mal Imortal”, da banda Zumbis do Espaço, assim como nosso terceiro item da lista é uma homenagem a Zé do Caixão. O vídeo, impróprio para menores, foi feito com imagens do acervo de José Mojica Marins, que foram descobertas em negativos revelados pelo diretor do clipe, Marcelo Colaiacovo, o que torna a aparência do conteúdo extremamente explícito em algo mais assustador.

Menção honrosa: Eskröta (pt. Hugo Colon (Cemitério)) – Filha do Satanás (Carrie)

Do álbum Cenas Brutais, da Eskröta, saiu o single “Filha do Satanás”, inspirada na personagem Carrie, do filme Carrie – A Estranha (1976), outra adaptação cinematográfica de uma obra do Stephen King. A música conta com a participação de Hugo Colon, da Cemitério, que também já apareceu aqui, e só o lyric vídeo já deixa a gente imaginando que um clipe dessa música seria bom demais.

E aí, ficou com medo de algum vídeo dessa lista? Esquecemos de alguém? Conta pra gente nos comentários. E se achar que alguém vai curtir ler essa lista, compartilhe!

*************

Aproveitando, o Nada Pop está com uma campanha no Apoia-se, contamos com o seu apoio para continuar esse trabalho. É possível contribuir com qualquer valor a partir de R$ 1 real. Junte-se a nós: https://apoia.se/nadapop.

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Letícia Pataquine

Formada em Letras, fala sobre livros no Instagram, reclama no Twitter e faz listas e resenhas como editora do Nada Pop.