quarta-feira, 25 de novembro de 2020
Nada Pop

Ex-Vjs, Maitê Proença e Saramago… …TV!

Fazia tempo que não ficava em frente à televisão, mudando de canal para encontrar alguma coisa interessante. Vivo sem o aparelho de TV desde 1997, nunca me fez falta, mas acredito que ele é um bom termômetro do que a sociedade é e está por vir à ser. Vou elencar abaixo algumas constatações depois de um frio fim de semana zapeando, lá vai:

1 – A MTV tem um programa só, que é sobre um grupo de jovens… …(JOVEM, ALISTE-SE, o serviço militar precisa de você!)… …voltando ao texto, um grupo de jovens se beijando, bebendo e mostrando o corpo sarado. Se o corpo está sarado é porque antes estava doente, agora está curado, portanto, é sarado! Triste ver esse bando de gente cheio de dente branco nesse hospital-balada. Música que é bom a MTV não tem, devia mudar de nome o canal, talvez BaladaTV ou “foda-se sou branco sarado cheio de dente e vou sarrar!”. Prefiro esse último, embora eu não saiba bem o que é sarrar!

Já perceberam que os VJs (que merda essa sigla, VJ!) da época em que ainda tocava música viraram todos cozinheiros. Dias atrás vi mais um falando de massa e de “reduzir o molho”, entendo… …a moda agora é ser “chef de cozinha” e a angústia do sucesso, de estar na mídia, de ainda ser relevante faz com que essas pessoas se tornem aquilo que o mercado de celebridades manda. Se a próxima moda for apertar parafuso de roda de fusca pode ter certeza que vai ver algum deles fazendo um programa que testa chave de roda. Sorte aí pessoal!
Tem gente que tem saudade daquela época… …bom, até aí tem gente que votou escondido no Bolsonaro! Quer vergonha maior?

2 – Existem programas que soltam pessoas peladas no meio do mato para sobreviverem, chama Largados e Pelados. Bom, sugiro um programa parecido, seria o Tom Hanks sozinho numa ilha com uma bola de vôlei. Se vira Tom, te buscamos daqui uns meses, força aí campeão!

3 – Vi também um programa que chamou a Maitê Proença pra discutir o tema do meio ambiente. Peralá… …ela é atriz, pelo que pesquisei aqui nunca fez um curso ou estudou meio ambiente de fato. Então quando precisar entrevistar alguém sobre teatro, cinema ou a profissão de ator chama um biólogo, engenheiro ambiental ou a Marina Silva. A Maitê Proença sabe bem é de esconder e manter a aposentadoria militar que ganha porque o pai serviu exército. JOVEM ALISTE-SE, O SERVIÇO MILITAR PRECISA DE VOCÊ!

4 – Existem vários canais que falam de deus, jesus e o caralho a quatro. Além de ser chato pacas é sempre a mesma ladainha. Benção daqui, milagre dali e não esquece de deixar uma grana aqui com a gente.

5 – Nesse mesmo fim de semana assisti um documentário sobre José Saramago. O escritor português teve como esposa, leitora, revisora e tradutora a jornalista Pilar Del Rio. Ela dá uma entrevista no lugar dele, fala sobre o romance que o escritor está trabalhando, diz dos progressos dos capítulos e que sabe tudo sobre a escrita de Saramago. Ela toma o lugar do escritor e passa a impressão de que desfruta desse talento que não está nela, mas sim no próprio escritor, que é o Saramago. No documentário que chama José e Pilar ela quase aparece mais que ele. O Saramago é prêmio Nobel de literatura e seu talento é indiscutível, mas isso tudo não passa por osmose.
Seja ex-VJ, esposa do Saramago, Tom Hanks ou a Maitê Proença fato é que todos querem atenção. Depois que você foi o centro das atenções não ter mais isso deve ser de uma solidão sem fim, deve ser uma quarentena particular, só sua!

– Pede pra alguém vir me ver, por favor!

– Quem?

– Não importa, qualquer pessoa serve!!!

Agora uma breve história pessoal:

Certa vez fui tocar com uma banda muito fuleira num boteco também fuleiro na Rua Augusta. Antes do show o guitarrista veio todo animado e disse com um sorriso cheio de dente:

– O irmão do Rogério Flausino do Jota Quest está aqui e vai ver o nosso show!!!

– Grande bosta! – respondi.

Depois do show tive a experiência de ver o sujeito rodeado de gente. Triste situação, mas ele parecia estar gostando bastante.
Ele tinha atenção, ele curtia o sucesso do irmão Jota-Questiano, ele estava sendo notado e observado… …triste isso, não acham?

Abraços!

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Rafael Moralez

Rafael Moralez é músico, ilustrador e autor da série Peixe Peludo. Conheça seu blog de ilustrações: https://moralezrafa.wordpress.com/