segunda-feira, 21 de setembro de 2020
Nada Pop

O Romero Brito e o Sepultura

Foto por Rafael Moralez

Um dia conheci um crítico de arte, ele disse assim:

– Oi, eu sou o Zé, sou crítico de arte e você?

– hãã… …eu trabalho no terceiro setor e estou fazendo doutorado!

– affffffffffffffffffffff (expressão de tédio!)

– E onde você é crítico? Alguma galeria?

– No momento não estou publicando!

– Ah então você tá desempregado

– affffffffffffff (expressão de nojo)

Depois disso ele virou as costas e não falou mais comigo, o que achei bom, ele era bem chato, mas ele sabe o que é arte. Eu estava em uma festa de artista. Foi uma experiência antropológica!

Sabe como é artista?

Eu não sabia, mas fiquei sabendo depois da festa. Eles se vestem mal de propósito, porque para ser artista tem que parecer um certo desleixo… …assim eles ficam mais artistas.

Não pode fazer sucesso, ser desconhecido é o mais importante.

Teve uma moça que ficou 10 meses fazendo uma “obra”, fui lá ver depois. Era meia dúzia de livro pendurado na parede… …puta coisa feia, e ainda estragou os livros! Nunca saquei esse lance da arte, gosto de ver foto em preto e branco e de filme velho, isso é arte?

Isso faz tempo, foi bem antes da pandemia, uns 7 anos atrás.

Eles faziam umas arte meio bosta, mas todo mundo adorava, era conceitual. O sucesso era ser arte meio bosta sabe, uma hora mostrei um desenho meu, eles disseram:

– hããã… …tá! (expressão de você-não-faz-parte-desse-meio)

Talvez meu desenho não foi bosta o suficiente para ser arte! Não sei se isso é bom ou ruim.

Engraçado é que tinha um povo até que legal no meio disso tudo.

A Cacau show é o Habibs do chocolate!

Flocos é o Dálmata dos sorvetes.

Dias atrás eu pedi para entrar num grupo de fãs do Sepultura no facebook. Tinha que responder uma pergunta para ser admitido, que era:

– Qual seu álbum preferido do Sepultura?

Respondi …And Justice for All.

Me aceitaram mesmo assim, achei estranho, mas tudo bem!

Na sequência escrevi que o Andreas Kisser ganhou o Sepultura por usucapião.

Depois disso veio uma meia dúzia de comentário dizendo que isso era um absurdo e me baniram do grupo.
Na sequência eu denunciei o grupo pro facebook como mensagem de ódio, lógico que não deu em nada.

Vou pedir pra entrar de novo no grupo só pra azucrinar!

O Sepultura é uma banda de artista!

O Romero Britto é um cara que fez sucesso com arte bosta, mas ele conseguiu o que todo artista quer, que é ganhar grana com o que produz. Se toda banda, desenhista e ator tivesse a grana que ele alcançou o mundo ia ter mais arte (arte bosta ou arte não bosta). Com certeza o mundo ia ser mais legal, com menos advogado e engenheiro com grana na mão e mais artistas mostrando sua arte bosta em tudo que é lugar e fazendo toda intervenção que viesse à cabeça. O sujeito fala mal do Romero Britto mas é fã do Neymar, usa sapatênis e tem um poster da Ferrari no quarto… …como dizem os críticos de arte, affffffff!

O Romero Britto é o Sepultura dos artistas!

O Sepultura é o Romero Britto do metal!

Roots, bloody roots…

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Rafael Moralez

Rafael Moralez é músico, ilustrador e autor da série Peixe Peludo. Conheça seu blog de ilustrações: https://moralezrafa.wordpress.com/