quarta-feira, 25 de novembro de 2020
Nada Pop

Live, React, Unpacking e a caralha a 4!

Não tá bom, não tá bem!

Fiquei dias sem escrever uma linha.

Tá… …e daí?

Bom… …ééééé… …cê viu que a Xuxa ficou grávida?

Dias atrás vi uma live, foi transformador. Era de um sujeito tocando forró moderno em uma bicicletaria em algum estado do norte/nordeste. O som era bem bom! Mandei um salve pra ele e nada aconteceu. Fui pesquisar mais lives, não vi nada que chegou aos pés do forró-eletro-eletrônico.

Tem de monte! Não me convide, ne4m me mande flores, pare de bater no interfone, não preciso de seu amor!

Mas qual minha surpresa quando assisti no youtube meu primeiro react.

Veja bem, vamos raciocinar juntos.

Vamos tomar como base um clipe de alguma banda, qualquer banda, não importa qual. Você pode assistir ao clipe e ter sua própria percepção sobre a música, as imagens, a performance da banda, etc… …mas não, não é disso que estou falando.

Você não vai assistir ao clipe da banda.

Você me assistir enquanto vejo o clipe da banda, e no lugar de ter sua própria experiência estética, vai ter como filtro o que “EU” percebo.
Experiência estética de cu é rola!!! Pra que ter opinião própria, pra que ver você mesmo?

Você vai ter a “MINHA” opinião e entrar em contato com o que “EU” acho que é relevante… …você e sua opinião que se foda!

Isso não é nem mastigar e entregar na boca do filhote, como os pássaros fazem, isso é vomitar na cara de quem assiste.

É a mais completa anulação de opinião própria que já tive contato.

Não… …não é!

Tem uma outra coisa que chama unpacking, você me assiste abrindo alguma parada que comprei.

Vou vender meu cesto de papel higiênico do banheiro no Mercado Livre!

Tomá no cu… …tempos atrás tinha um autor de histórias em quadrinhos, querido da mídia, descolado das feiras de publicação independente, que ofertou um curso no Sesc que era algo como “Leia quadrinhos com fulano de tal”, a experiência era sentar numa sala e ficar lendo quadrinho junto com ele… …não é demais?

A patifaria é como a folia, não tem hora pra acabar!

A arte salva porque algumas expressões se pautam por uma interpretação distinta da realidade.

Pena que tá tudo pautado por uma agenda estreita e burra!

Posso falar de política, mas não dá tempo, quando você pega um assunto pra escrever meia hora depois ele já foi ultrapassado por alguma merda que o governo fez!

Um abraço pro cachorro!

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Rafael Moralez

Rafael Moralez é músico, ilustrador e autor da série Peixe Peludo. Conheça seu blog de ilustrações: https://moralezrafa.wordpress.com/