sábado, 4 de julho de 2020
Nada Pop

Caverjets o lançamento do single “Pequenas Igrejas Grandes Negócios”

Novo nome do rock carioca, os Caverjets unem crítica social, bom humor e diferentes vertentes do gênero para passar uma mensagem forte antifascista, a favor dos prazeres da vida, legalização da maconha recreativa e medicinal e uma crítica ferrenha contra a mercantilização da fé. Essa última se destaca no “Pequenas Igrejas, Grande Negócios”, que conta com participação do Apóstolo Arnaldo, humorista de destaque no YouTube, dando outra conotação para a mensagem da banda. A faixa está disponível em todas as plataformas de música digital.

Links da banda nas redes sociais: Facebook | YouTube | Instagram | Spotify

Os Caverjets começaram a ser gestados em 2019 como uma evolução da carreira solo do vocalista Xandão do Rock, com a ideia de transitar por diversas facetas da história do rock n’ roll, indo do blues ao rockabilly passando pelo ska, punk, hardcore e hard rock. O primeiro single traz esse espírito.

“Para os Caverjets a crítica contra a farsa religiosa neopentecostal é pertinente e totalmente independente de partido! É preciso combater as mentiras e toda a enganação com pessoas que tem sua fé ludibriada, é algo que nem deveria ser permitido. O principal argumento e narrativa da letra é que as igrejas, assim como um hospital ou farmácia, deveriam pagar impostos e ser tratadas como um comércio normal devidamente regulamentado. Os cultos e manifestações religiosas têm imunidade constitucional, apenas o STF poderia mudar este caso, o que sabemos ser bastante difícil na atual conjuntura que o país se encontra”, conta Xandão.

Capa do single “Pequenas Igrejas Grandes Negócios”, do Caverjets. Arte por Cristiano Suarez.

No começo da produção musical com Vicente Barroso, que por um tempo foi baixista dos Caverjets, o projeto começou a se consolidar em seu conceito de forma orgânica até chegar na formação atual com Gimme Mandrix (guitarra), Vitega (baixo), Lívio Medeiros (bateria) e Tainá Garmendia (backing vocal), além do vocal de Xandão.

“O roteiro do clipe vem justamente da vontade de criticar, mas com muito humor, toda a farsa das igrejas, as colocando como amigas do Capeta, pois fazem justamente o contrário do que se fala. O clipe é um desenho e personificação visual de toda letra e mensagem da som. Todo pastor ou líder religioso ladrão e aproveitador merece ser colocado como aliado do inferno que tanto usa para causar medo, como um aproveitador interessado apenas em dinheiro”, explica Xandão.

Com arte de Cristiano Suarez , que ganhou destaque com um polêmico pôster para o Dead Kennedys, single é produzido por Barroso com o guitarrista Guilherme Vaz e foi gravado, mixado e co-produzido por Raphael Dieguez no estúdio Toca do Bandido, com masterização em fita analógica pelo estúdio ForestLab. “Pequenas Igrejas, Grande Negócios” está disponível em todas as plataformas de música digital.

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Redação Nada Pop

O Nada Pop é um espaço sobre punk, hardcore e alternativo. Acesse as nossas redes sociais e compartilhe as publicações. O seu apoio é fundamental para fortalecer esse trabalho.