sábado, 14 de março de 2020
Nada Pop

Nova espécie de besouro recebe o nome do Rodrigo Lima em homenagem ao Dead Fish

Dead Fish – Foto: Marcelo Marafante

Vinicius Ferreira é biólogo e pesquisador especializado em insetos, com foco em besouros, e atualmente está em fase de conclusão do seu doutorado na área de Entomologia (estudo dos insetos) nos Estados Unidos. É especialista em um grupo de besouros chamados lícideos (Lycidae é o nome científico dessa família de besouros).

Os besouros desse grupo são, como Vinicius gosto de dizer, os primos pobres dos vaga-lumes (nome científico da família é Lampyridae), pois são bem parecidos em vários aspectos com eles, tendo como principal diferença o fato de que os licídeos não são bioluminescentes. O Brasil tem muitas espécies de besouros novas, e como cientista, existe o interesse de catalogar e descobrir todas as espécies de besouro da família Lycidae, atualmente conhecida por cerca de 4.200 espécies diferentes.

O biólogo Vinicius Ferreira – Foto: arquivo pessoal

Como o fã do Dead Fish descobriu a banda 

De acordo com o Vinicius, o Dead Fish entrou em sua vida quando começou a graduação em biologia, em 2008, quando amigos apresentaram o hardcore, incluindo ai o DF. “Sempre fui muito fã de rock, mas quando conheci o hardcore, com uma pegada mais embativa, anti-establishment e desafiadora, encontrei um tipo de música que além de agradar aos ouvidos alimentava a cabeça com ideias, me fazendo questionar coisas que nunca pensei ou prestei atenção”, conta. O fã reconhece que teve uma vida privilegiada, com muito conforto e acesso a uma boa educação e um lar amoroso, mesmo morando na Zona Leste de São Paulo. “Meu contato com o DF e outras bandas me ajudou a enxergar a vida por uma perspectiva diferente, de quem não teve acesso a estes privilégios, sempre trazendo a tona em suas letras temas sobre a desigualdade desse brasilzão”, diz.

Uma nova espécie de besouro batizada de Acroleptus limai

A ideia de homenagear o Rodrigo Lima ocorreu quando Vinicius descobriu esse novo besouro, somente conhecido pelo exemplar fotografado (ver imagem), que assim como o Rodrigo, também é nativo do Espírito Santo. O bicho, um macho, que se chama Acroleptus limai, estava na coleção científica de besouros do Museu de História Natural de Londres, e foi enviado com centenas de outros exemplares de várias outras espécies para o seu estudo.

Acroleptus limai, nova espécie de besouro com origem no Espírito Santo.

“Praticamente nada se sabe da biologia desse bicho, mas por conta da sua anatomia única (o formato das antenas elaboradas, combinado com o conhecimento de outras espécies próximas) penso que os adultos machos, como este da foto, tenham uma biologia parecida com a de outros besouros, em que os adultos machos tem um ciclo de vida parecido com o das borboletas (larva, pupa e adulto), enquanto que as fêmeas adultas nunca passam por esse processo, e retém a forma de larva mesmo quando adultos”, explica o biólogo.

Por fim, o cientista ressalta a importância dessa homenagem. “Pra mim, besouro é coisa séria, e poder homenagear um músico e letrista tão bom quanto o Rodrigo, nomeando uma espécie nova com seu nome, é uma chance que eu tenho de retribuir por tudo o que ele e a banda fizeram pela minha formação e pela forma como vejo o mundo”. conclui.

O trabalho foi publicado na revista científica Journal of Natural History, do Museu de História Natural de Londres. Abaixo os links para conferir esse material:

Link do trabalho: https://www.tandfonline.com/doi/full/10.1080/00222933.2020.1733120

Observação: No PDF, vá para a página 2.748, onde é citada a homenagem ao Rodrigo. As fotos que pertencem ao bicho Acroleptus limai são as figuras 7 (vista de cima), 8 (vista de frente) e 9 (vista de baixo) e 18 (vista ventral e dorsal do pênis do bicho). Perfil do Vinicius no Facebook (clique AQUI).

Pra saber um pouco mais da pesquisa do Vinicius, dê uma olhada em seu site pessoal: https://cantharoid.com/

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Maurício Martins

Jornalista, editor e fundador do Nada Pop. Um dos organizadores do tributo ao SUB e apresentador do podcast Arte Inflama. Siga no Instagram: @nxdapop