quarta-feira, 25 de novembro de 2020
Nada Pop

A entropia política

Foto: Rafael Moralez

A entropia política

Saudações seres bípedes! (isso incluí galinhas, passarinhos em geral e cangurus)

Hoje vamos hablar de como a casa tá desorganizada, isso é bom ou ruim? Não sei, depende de você, de mim e de gente que pensa ser a população um amontoado de pessoas pagando impostos.

Estamos desgovernados, é fato!

O Brasil parece aqueles vídeos em que um sujeito de caiaque desce uma corredeira, ele vai sacolejando rendido à força da água, que é muito mais forte que ele. No nosso caso somos um caiaque com um remador que nunca entrou na água, não sabe nadar… …não sabe nada, mas seus filhos vão roubar o remo e o colete salva-vidas no final, pode apostar! Durante a descida esse remador vai xingando a mãe de todo mundo que está na beira do rio, alguns batem palma e pedem “Xinga mais, xinga minha filha também!”. O sadomasoquismo não precisa estar mais entre quatro paredes, pode ser exercido na rua, nas redes sociais ou na urna!

A entropia é um conceito da termodinâmica, resumindo bastante, é a desorganização irreversível que um sistema atinge. Por exemplo, você pode queimar lenha numa fogueira, que gera calor, luz, fumaça e cinzas, mas você não consegue pegar esses elementos separados e gerar lenha a partir deles. É um processo irreversível de desorganização. Essa desorganização gerada pela entropia não é necessariamente ruim. A sobrevivência da própria natureza e da vida na Terra depende dela, ou seja, da entropia pode surgir coisas boas também. Pode surgir novos cenários mais interessante que o anterior, por exemplo, numa noite fria o calor e a luz da fogueira podem ser mais confortantes que ficar abraçado num toco frio.

Nosso cenário atual é de coronavírus, quarentena, panelaços, Bozonazi, filhos do Bozonazi falando merda que não acaba mais, empresários bem-sucedidos sugerindo que morrer 7 mil ou 10 mil pessoas tem que acontecer, é triste, mas a ECONOMIA NÃO PODE PARAR! O lucro deles não pode parar!

Por enquanto estamos abraçando um toco frio, vendo o cretino do Bozonazi descer o rio de caiaque, xingando e tirando sarro da cara de todo mundo, os filhos deles batem palma para papai, enquanto roubam alguma coisa que estiver ao alcance das mãos.

Já vivemos um cenário de desorganização política quase total, já vivemos uma entropia política que pode e precisa ser transformada. Precisamos nos desorganizar  ainda mais e gerar novos elementos para transformar o que aí está posto, para gerar um novo cenário, OUTRO cenário. Seguindo o raciocínio da entropia não poderemos voltar mais ao cenário anterior. Lembra da lenha virando calor e cinzas, então, é isso. Precisamos transformar isso de forma que não volte NUNCA MAIS a surgir como possibilidade para nossas vidas. Assim como os alemães fizeram com o nazismo.

Que venha a entropia, que essa família doente que está no poder e sua visão de mundo vire cinzas!

Para isso temos que que queimar de fato algumas coisas.

Boa quarentena a todos, oxalá tudo se transforme rápido!

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Rafael Moralez

Rafael Moralez é músico, ilustrador e autor da série Peixe Peludo. Conheça seu blog de ilustrações: https://moralezrafa.wordpress.com/