sábado, 26 de setembro de 2020
Nada Pop

Uterço é Poucas – Rapper lança single com dois videoclipes

Massao, ex-Pentágono, uma das referências do rap nacional, hoje se apresenta como Uterço, tendo apresentado seu repertório novo apenas em apresentações ao vivo, pois o retorno do público também o serve de inspiração, tanto que o disco de estreia, ‘Original Marginal RAP’, que já está disponível em todas as plataformas digitais, é uma apresentação com captação da Showlivre.

Mas para quem ainda não teve oportunidade de ver um show, ou para quem saiu de uma das apresentações querendo ouvir mais, ele chega com novidade nas plataformas. Trata-se da ‘Poucas’, single de um minuto e muito flow que veio acompanhado de um clipe oficial em plano sequência e uma performance gravada pela LAP Music.

O som, que como o próprio nome diz é “poucas” – rápido e pesado nas ideias, um boombap clássico que exalta o hip hop de rua – foi produzido, mixado e masterizado por Ras Felippe, no estúdio Área Visionária. Para apresentar a música, o rapper contou com a experiência do diretor Junior Imigrante (Cajazeiras/PB), que gravou um plano sequência em uma viela da quebrada da zona Sul de São Paulo e finalizou com efeitos de pós-produção que remetem às rimas, nas quais se pode encontrar mensagens como homenagens à menina Ágata (assassinada pela polícia militar no Rio de Janeiro, em 2019) e imagens do rapper 2Pac e Malcom X.

De acordo com o rapper, a ‘Poucas’ é o desabafo de um homem que está numa fase da vida onde os questionamentos são constantes e nem sempre as respostas chegam prontas, às vezes viramos reféns do que nós mesmos nos prometemos. Já sobre o seu novo projeto solo, ele afirma: o Uterço é uma versão amadurecida do rapper Massao, são anos de experiências de vida a mais! Muito além da técnica e do flow, minha profissão pede responsabilidade.

Sobre a LAP

LAP (Luzes Artistas Performance) é um projeto que nasce com o objetivo de dar espaço a novos e novas artistas emergentes no panorama da música brasileira contemporânea. Hoje em dia fazer um videoclipe é algo difícil, para não dizer inacessível, por causa do custo alto da produção e dos poucos recursos. LAP se apresenta com uma proposta diferente: valorizar e promover música e arte criando junto com os(as) artistas, ajudando-os(as) a levar o próprio trabalho para o público. A iluminação que acompanha a performance de cada um vem pensada especificamente para aquele contexto, a fim de criar um ambiente único, renovado em cada vídeo. LAP é uma forma de conhecer os(as) artistas mais de perto, aproximando-se de suas ideias e criações.

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Letícia Pataquine

Formada em Letras pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), é colaboradora do Nada Pop com pautas, principalmente, envolvendo mulheres com banda. É natural de Guarulhos, Região Metropolitana de São Paulo.