quarta-feira, 2 de dezembro de 2020
Nada Pop

A festa da carne ou o carnaval

Momo é rei, a população sorri, dança e mostra seus dentes ao som de batuques saudando a monarquia anárquica, é uma festa que inverte os sentidos, mas que na minha opinião deixa tudo na mais completa normalidade. Esse é o tríduo momesmo, também chamado de carnaval pelos foliões ou nem tão foliões assim. A figura do pierrot e arlequina é de uma tristeza sem fim, como o carnaval para mim é também uma festa triste. O carnaval é uma coisa que faz o Los Hermanos parecer bom e que me irrita profundamente porque lembro da Elis Regina o tempo todo, acho ela chata pra caralha, embora seja uma figura importante da nossa finada MPB.

O carnaval é uma inversão de valores, o homem pode sair vestido de bikini e encher a cara de cerveja quente porque na quinta-feira, pós quarta de cinzas, vão justificar que ele comeu cocô do banheiro químico da Praça da República… …mas era carnaval né! Antigamente era a época em que o rei descia e quem comandava era o louco, o bobo da corte, os papéis se invertiam, o sagrado era deixado de lado e o profano era exultado, a carne era festejada e não a alma, por isso que chama festa da carne, carnaval, captou!

Pra quem tem o Bozonaro como presidente o carnaval é eterno, a inversão está feita por mais três anos, onde um bando de fascista, cretino, mal caráter e assassino vão chupinhar tudo que podem do país, estou me referindo a família do presidente que vai afundar ainda mais o já mal tratado Brasil. E me perguntam:

– E o PT hein? E o Lula?
– Ah… …vai se fudê mano!

Mas você não precisa se preocupar, nos bloquinhos do centro e adjacências você vai encontrar “empreendedores” vendendo catuaba a 10 real a garrafa, toma uma dessas e boa sorte! Como o cocô do banheiro químico ou não, tome um golden shower no cucuruto ou não desejo diversão sem limites a todos. Eu vou bebericar umas cervejas em casa com os amigos, ouvindo Black Sabbath provavelmente e reclamando que ninguém lê o que escrevo.

Empreendedores… …carnaval… …bloquinhos… …Black Sabbath… …acho que ano que vem vou sacolejar em algum bloquinho… …de concreto talvez!

Axé!

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Rafael Moralez

Rafael Moralez é músico, ilustrador e autor da série Peixe Peludo. Conheça seu blog de ilustrações: https://moralezrafa.wordpress.com/