segunda-feira, 21 de setembro de 2020
Nada Pop

Ment lança clipe do single “Acceptance Letter” sobre ansiedade e despedidas

Screenshot do clipe “Acceptance Letter”, do Ment

Existem músicas que nos dão a sensação de terem sido feitas exatamente para nós. Não é algo tão fácil assim de acontecer, mas quando acontece, você reconhece imediatamente a sensação. É como uma brisa suave no corpo em um dia quente.

Melhor ainda é quando o clipe da canção que você gosta tanto consegue acertar a mão e te mostrar a mesma sinceridade que a música. Convenhamos, é quase sempre uma certa decepção quando música e clipe não caminham juntas e na sua cabeça – ao menos – poderiam ter feito de forma diferente.

Capa do single “Acceptance Letter”

Ment é uma daquelas bandas de rock alternativo, mas com uma verve diferente. São músicas que refletem sobre o cotidiano, sem querer parecer cool e sem a pretensão de soar parecido com alguma outra banda mais conhecida do público. As linhas melódicas da banda se encaixam em diferentes momentos, seja uma reunião com amigos, bebendo e conversando enquanto a banda fica ao fundo como trilha sonora, como também em momentos mais íntimos, entre você e a pessoa que você gosta ou, apenas na solidão de casa ao trabalho, durante uma caminhada – algo assim.

A banda surgiu no final de 2016, formada por Felippe Alencar, Willian Gomes, Alexandre Martuscelli e Marcelo Müller. Como não poderia deixar de ser, o grupo conta com influências de bandas de hardcore melódico, emo, grunge e também das “guitar bands” da década de 1990. Um detalhe interessante do Ment é que a banda foi finalista do Demofest 2018, uma iniciativa de órgãos ligados à Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo e produtores independentes. Acabaram participando de uma coletânea de mesmo nome, lançada em outubro do ano passado, com o single “Meerhout, 2013”. O clipe desse single também foi lançado nesse período e conta com referências aos anos 1990.

Sem dúvida, os anos 90 do rock serviram como base para milhares de bandas ao redor do mundo que atualmente se inspira no que foi feito naquela época para encontrar o seu próprio som. Algumas acabam se tornando cópias de algo que já foi feito, mas outras, como o Ment, trazem um novo vigor ao estilo com características que as diferenciam. Ao menos assim, as bandas que poderão surgir daqui algumas décadas, terão no período de hoje mais bandas para se influenciar.

Tell me something that relieves the pain
It hurts much

Promise me that you’ll stay, I wish that
But reasons are beyond my abilities

I’ll try not to choke
But reasons are beyond my abilities
I’ll try not

Goodbye, I’ll try not to make you cry
It hurts much
I’ve promised you that I’ll be home soon
It’s spoken!

But reasons are beyond my abilities
I’ll try not to choke
But reasons are beyond my abilities
I’ll try not

In the end I’ll see me putting down into words
The most heavy words
An acceptance letter for the worst

Letra da música “Acceptance Letter”

Mas voltando ao início, Ment lançou nesta semana o clipe do single “Acceptance Letter”. Um dos melhores sons e com um dos melhores clipes de 2019. Sem grandes efeitos visuais, mas com a aquela característica do “menos é mais”, o vídeo foi gravado no quintal da casa de Priscila Bernardes, que participa da produção do clipe. Diversos convidados aparecem em situações diferentes, seja com uma “dancinha” engraçada, uma almofada de gatinhos e até alguém de toalha fingindo que está tomando banho (não vou dizer quem é essa figura).

De acordo com a banda, “os convidados foram instruídos a criar suas performances no momento da gravação, intercaladas com algumas intervenções aleatórias, dispensando-se assim um roteiro e proporcionando um clima descontraído à produção”, disseram. Só posso concordar e isso volta ao que falei acima, são os diferentes momentos que podemos ouvir o Ment, ou seja, até no banho!

Screenshot do clipe “Acceptance Letter”, do Ment

Sobre “Acceptance Letter”, é uma canção em inglês que busca falar da ansiedade relacionada a despedidas e mudanças recorrentes, assim como a relação entre os indivíduos e o meio onde estão inseridos: cidade, trabalho, círculo social, entre outros.

“Este primeiro single segue o conceito de buscar uma característica singular dentro do repertório do Ment, considerando que cada música no álbum de estreia possui um processo de composição diferente, contudo, Acceptance Letter foi a única cujo arranjo e letra foram finalizados conjuntamente durante o seu registro, dando a esta uma consistência única que fez com que a banda a escolhesse como primeira amostra do disco”, explica a banda.

O single integra o álbum Backyard Days, que será lançado ainda neste ano, no início de novembro. O trabalho conta com a produção assinada integralmente pela própria banda e arte por Julia Kaffka.

Para ouvir a banda: Spotify | Deezer | Youtube | Bandcamp

Siga as redes sociais do Ment: Facebook | Instagram | Twitter

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Maurício Martins

Jornalista, editor e fundador do Nada Pop. Um dos organizadores do tributo ao SUB e apresentador do podcast Arte Inflama. Siga no Instagram: @nxdapop