quarta-feira, 17 de outubro de 2018
Nada Pop

Um festival para marcar história no ABC Paulista

No dia 26 de junho, um festival entrará para a história do ABC Paulista e reunirá bandas novas e veteranas do punk/hardcore nacional. Em São Bernardo do Campo, na Avenida Cesar Magnani, 851 – na Paulicéia, acontece o primeiro Festival LADO PUNK ABC, que reúne as bandas Cólera, Olho Seco, Asfixia Social, Mollotov Attack, O Satânico Dr. Mao e os Espiões Secretos, DZK, Lokaut, Esquizofrenia, Sistema Sangria, Histeria Coletiva, além de participações especiais, como do Ariel Invasor, dos Invasores de Cérebros, e do Axl Rude, do Skamoondongos.

Será um dia marcado pela união, pelo debate de boas ideias onde, além de curtir um som, será possível comer e beber pagando preços justos sem essa história de “token”. Para bater um papo sobre esse festival, sua importância e como será o espaço desse evento, conversamos com o Kaneda, vocalista do Asfixia Social, e um dos organizadores. O papo você confere abaixo. Não deixe de ir!

NADA POP – Por que podemos dizer que esse é um dos mais importantes festivais realizados no ABC?

KANEDA – Há tempos são vários os coletivos da região que têm se organizado e realizado festivais independentes, projetos culturais, saraus, shows e intervenções, inclusive os nossos coletivos Da Rua pra Rua e Refuse / Resist. São ações muito maiores e há muita coisa acontecendo por aqui. Daí, decidimos realizar o Festival Lado Punk ABC, juntar coletivos e bandas, e propor um festival que pudesse mobilizar mais gente e que desse um chacoalhão nessa era de muita internet e poucos shows na vida do cidadão. É um Festival em que os organizadores e bandas estão se mobilizando, em que o dono do espaço abraçou o evento, em que o público prontamente se mobilizou também, e a importância se deve ao envolvimento de todos esses coletivos e bandas na realização, e do público que promete lotar este que é apenas o primeiro Festival Lado Punk ABC.

NADA POP – Em sua opinião, qual a importância dessas bandas na história do punk e hardcore no país?

KANEDA – São bandas que fazem parte dos primeiros momentos de punk e hardcore no país e no ABC paulista, se juntando às bandas da nova geração que carregam consigo essa atitude. Essa é a importância, é a história tendo sequência e se renovando, inclusive em sua musicalidade. São todas bandas verdadeiras que têm suas vivências e motivações reais, fazendo música pesada pra expressar indignação, senso crítico, e o fortalecimento da luta por igualdade de direitos na periferia. Bandas muito claras e diretas, que têm entre suas raízes o punk e o hardcore, e que no Festival Lado Punk ABC se reúnem pra mostrar que nossa música é como um combustível, porque percebemos o mundo e queremos mudá-lo. Só precisamos estar organizados pra isso.

NADA POP – Qual é a capacidade de público no espaço e como ingressos podem ser adquiridos? Haverá algum desconto especial para grupos que venham de outras cidades ou até de outro Estado? Tipo, como caravana mesmo?

KANEDA – O festival será realizado num antigo posto de gasolina, que se tornou um estacionamento de caminhões. O palco é um caminhão equipado pra receber as bandas e atender ao público de 1.000 pessoas (lotação). Há um bar e pizzaria no local, e boa parte é coberta pela estrutura do posto.

As caravanas de outras cidades e Estados podem comprar um pacote de ingressos promocionais diretamente via www.facebook.com/ladopunkabc (inbox), que está saindo por R$10 o ingresso. Os ingressos unitários podem ser adquiridos online pela plataforma Sympla.com.br (clique AQUI) e nos pontos de venda:

Loja LDM – R. Vergueiro, 6169 – Metrô Alto do Ipiranga
Garimpo Cultural – R. Barão de Itapetininga, 37 – Centro de SP
Tabacaria Arahat – R. Marechal Deodoro, 270 – S.B. do Campo
Metal Music – R. Dona Elisa Flaquer, 184 – Santo André

flyer_ladopunkabc

Clique na imagem para ser direcionado para a página do evento no Fb.

NADA POP – A música é uma ótima forma de contestação e reflexão sobre a sociedade. Como você entende o festival como evento inclusivo e social, do ponto de vista dos problemas culturais do país?

KANEDA – A música é o meio que escolhemos para discutir esses problemas, pra levantar perguntas, pra gerar energia no sentido da mudança. Essa mudança passa pela arte, por ser libertadora e por dialogar/expressar/questionar o entendimento que temos sobre cultura e educação no país. O festival mantém essa chama de discussões acesa, revigora nossa capacidade de mobilização e reúne muita gente legal. É uma forma de dar voz às boas ideias.

NADA POP – O festival será documentado para a posteridade? Podemos aguardar um possível documentário a respeito?

KANEDA – Com certeza! Este é um momento histórico e merece o registro com qualidade!

NADA POP – Nós já convidamos, mas convide você também o pessoal e diga o que mais terá de bacana no evento além das bandas, claro.

KANEDA – O Festival Lado Punk ABC será realizado dia 26.06.2016 em São Bernardo do Campo, divisa com Diadema, na Av. Cesar Magnani, 851 – Paulicéia, e contará com as bandas Cólera, Olho Seco, Asfixia Social (participação de Axl Skamoondongos), Mollotov Attack (participação de Ariel Invasores de Cérebros), O Satânico Dr. Mao e os Espiões Secretos, DZK, Lokaut, Esquizofrenia, Sistema Sangria e Histeria Coletiva. Os ingressos do segundo lote custam apenas R$20, e você pode comprá-lo agora pelo link. Chega mais, que estaremos reunidos no Lado Punk ABC!

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Maurício Martins

Jornalista, pai da Maria Stella, fã de quadrinhos e ficção científica. Aficionado por música, especialmente pelo punk e hardcore. Também é idealizador e editor do Nada Pop.

%d blogueiros gostam disto: