sexta-feira, 25 de Maio de 2018
Nada Pop

Pesadíssimo! Álbum de estreia do Burning Universe é uma experiência incrível

Colocar o CD no aparelho e apertar o play é o começo de uma nova experiência, não é apenas o gosto musical ou qualidade sonora em questão, mas a sensação que está sendo vivida. Nesse sentido, estou com sorte, pois só tenho tido a certeza de que existem muitas bandas boas espalhadas pelo Brasil, e a melhor novidade ou experiência é a que esta por vir, então acompanhe essa.

Na resenha, apresentamos direto de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, a banda Burning Universe com seu álbum de estreia “O Esquizofrênico Curado”, um repertório com rajadas fortes e muito peso. Letras, músicas e um vocal agressivo são as principais características do grupo formado em 2011. Gravado em 2014, o trabalho foi lançado em julho de 2015 e possui 10 faixas com letras em português.

Congelamento Global, Os Próximos e Serial Devaneio são as três primeiras músicas do CD, nelas percebe-se às principais influências da banda como Thirce, NOFX, Envydust e A-OK. Conversando com Danilo Leal, vocalista e guitarrista, falamos de algumas curiosidades sobre a banda, como o nome: “é uma metáfora, o universo seria o cérebro humano, que está constantemente ‘em chamas’, é da natureza humana procurar algo para se preocupar, algo que faça com que nos sentimos vivos, algo para buscar ou correr atrás, pode ser que esteja tudo bem, mas a gente sempre acha alguma coisa que possa melhorar, é isso que mantem o mundo girando, em constante movimento”.

O Espectador do Tempo, a sexta música, é uma daquelas que grudam na cabeça, apesar de ser uma das mais curtas possui muita qualidade na intercalação do vocal, uma boa variação que na versão ao vivo deve ser impactante. Por falar em ao vivo, segundo os caras, existe a possibilidade de gravarem um clipe de uma das faixas desse disco, além de trabalhar algumas músicas inéditas para lançarem como single, ainda neste ano.

Por fim, a música Olhos Mutilados, é a última canção e causa, justamente, a sensação de vir novidades ainda melhores do quarteto!

Ouçam!

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Bruno Palmito

Skate, kombi, shows, acampar e cerveja deixam-no mais perto daquilo que ele define como felicidade, se a trilha sonora for Punk Rock/Hardcore com pitadas de Ska, é um breve resumo da perfeição nessa vida. A música é a manifestação ideológica do sujeito, acredita Palmito.

%d blogueiros gostam disto: