terça-feira, 23 de outubro de 2018
Nada Pop

Os Vulcânicos – De MC5 a Nelson Cavaquinho

O que esperar de uma banda que faz uma mistura alucinante de Surf Music, rockabilly, garage e punk rock? Só posso dizer uma coisa: ouça o som e tire sua próprias conclusões. Você não se arrependerá.

Os Vulcânicos é um power trio do Rio de Janeiro, que conta na sua formação com Filipe Proença (Voz e Baixo), Dony Escobar (Guitarra e voz) e Zozio Leão (Bateria e Voz), e estão na ativa desde 2010 literalmente incendiando bares e casas de shows por aí. E não é a toa. Deram uma esquentada no conhecido bairro boêmio da Lapa (RJ) agitando a cena local e promovendo no bairro citado, o evento chamado “SobraDeQuinta”. Que reunia diversas formas de expressão artística, discotecagem, artes plásticas e claro, muito som. Chegando até a serem considerados como uma das bandas do meio underground mais ativas do cenário carioca.

Filipe Proença (Voz e Baixo), Zozio Leão (Bateria e Voz) e Dony Escobar (Guitarra e voz)

Dá pra sacar que as influências desses caras vão de MC5, Stooges, The Ventures, e com aquela pegada  “surf/punk” no naipe do Dead Kennedys. E o mais interessante é que a banda também possuí influência de música latina, principalmente de uma banda peruana dos anos 60 chamada Los Saicos. Que dizem ser uma das precursoras do garage rock.

EPs

Os EPs: “Os Vulcânicos”, lançado em 2012 e “El Truco”, de 2013. Para ouví-los, clique aqui.

O grupo conta na sua discografia com dois EP´s, o primeiro lançado em 2012 intitulado “Os Vulcânicos” conta com 3 sons. Mostrando toda a vibe alucinante e visceral do trio, com destaque para a incrível versão surf music de “Juízo Final” do lendário sambista e compositor carioca Nelson Cavaquinho. (Para ouvir a versão original dessa música, clique aqui)

E em 2013, lançaram mais um EP, o “El Truco” (“O Truque” em português). Segundo o baixista Felipe Proença, o nome desse segundo trabalho foi inspirado nos “truques da vida”, na malandragem, na forma de se encontrar meios de “sair pela tangente”. Destaque para o som “Mambo Cumba”, que virou clipe e que foi gravado em um desses shows do já citado evento “SobraDeQuinta”. E que mostra não só apenas como era o clima desses shows mas também como era (e ainda é) a interação da banda com o público. A partir da composição do riff desse som e da reação da galera quando a música foi tocada pela primeira vez, rolou um interesse maior pela música latina, mas especificamente pelo Mambo. E essa influência poderá ser notada de forma mais forte nos próximos trabalhos da banda. Também faz parte desse EP os sons “Piraí Safari”, “The Old Legend of the Sick Old Man” e “The Trick”.

Se você está sentindo falta daqueles sons frenéticos que soam urgentes e incendiários, demorou pra você ouvir essa maravilhosa banda. E uma coisa eu te garanto: Os Vulcânicos não são um truque, mas sim uma autêntica banda de rock.

OS VULCÂNICOS  (RJ)

Youtube: https://www.youtube.com/user/VulcaTube
Bandcamp: http://osvulcanicos.bandcamp.com/
Facebook: https://www.facebook.com/pages/Os-Vulcanicos
E-mail: contato.vulcanicos@gmail.com

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Toni Dissidente

Toni Dissidente é vocalista e fundador da banda Dissidentes, com mais de 10 anos de estrada. Também foi um dos idealizadores do Nada Pop, deixando o site em 2015.

%d blogueiros gostam disto: