segunda-feira, 20 de agosto de 2018
Nada Pop

O baú cultural da Bedibê mostra que é possível misturar samba, rock e folk

capa_bedibe

Capa do álbum “Envelhecer”, da banda Bedibê (ex-Banda de Bolso)

A Bedibê (ex-Banda de Bolso) é uma banda que acabei conhecendo assim que lançaram o seu primeiro trabalho intitulado “Envelhecer”. Foi uma indicação do Rodolfo Marga, um grande amigo e cúmplice do Nada Pop. Demoramos a falar desse trabalho porque preferimos aguardar os desdobramentos que a grupo enfrentou em relação ao nome anterior do grupo, que teve que passar por mudanças. Acontece, né?

O álbum, com oito faixas, que mesclam samba (sim!), rock e folk, até que me pareceu um pouco no início com “A Banda Mais Bonita da Cidade”. Não me refiro ao som, em particular, mas o clima de amizade, carinho e harmonia que permeia todo o disco e que, mesmo não sendo o meu estilo de música preferido, não é tedioso e até bem gostoso de ouvir.

Formada em São Paulo por Fred di Giacomo (voz, violão, baixo e cavaco), Diego Bravo (percussão e backing vocals), Karin Hueck (voz e teclado) e Tiago Van Deursen (voz, violão, gaita e cavaco), o grupo traz influências que passam pelos uruguaios do Perota Chingó até Novos Baianos, além de uma pitada de rock e doses bem servidas de MPB e samba clássico.

Foram dois anos gravando com o produtor Gabriel Nascimbeni, no Trampolim Estúdio, até que o trabalho estivesse do jeito que a banda imaginou. A mixagem foi feita pelo Fábio Barros e a masterização por Arthur Joly, do RecoHead Records.

“Envelhecer” ainda conta com a participação da cantora Ericah Pereira, na música “Cantar de Pássaro”, e com os metais de Gustavo Vellutini em “Esquina”, “Gaiola” e “Quatro Horas”. É preciso citar que o álbum ainda traz instrumentos como charango, trompete, tuba e cajon, tudo com o seu devido espaço e sem parecer apenas uma firula musical.

Um belo disco para aqueles dias que você sente que precisa desacelerar um pouco ou quando você está naquele clima “tem uns baratos que não dá pra perceber, que tem mó valor e você não vê. Uma pá de árvore na praça, as crianças na rua. O vento fresco na cara, as estrela, a lua”.

Entre as minhas preferidas do disco estão “Esquina”, “Cantar de Pássaros” e “Que se exploda”. A primeira faixa citada teve até um clipe, feito pelo artista mineiro Alisson Lima (assista acima). Resumindo, é um disco para se deixar levar e ouvir com prazer, fazer você respirar e sentir que a vida pode ser mais leve.

Curta e ouça a Bedibê

Disco completo no Spotify: http://migre.me/uGps1

Soundcloud: soundcloud.com/abandadebolso

No Youtube: www.youtube.com/channel/bedibe

Facebook: www.facebook.com/bedibe

bedibe_2012

Bedibê mandando vê (roubamos essa rima da própria banda). Foto: divulgação

Curiosidades sobre a Bedibê

Curiosidade 1) Há cerca de 5 ou 6 anos, antes mesmo do surgimento do Nada Pop, conheci o Fred di Giacomo durante uma palestra sobre Newsgames na Faap (Fundação Armando Alvares Penteado). Newsgames são aqueles jogos eletrônicos baseados em acontecimentos reais e em aspectos do jornalismo. É tipo uma forma de ensinar e informar e, ao mesmo, tempo entreter. Fred é um dos caras que conhece do assunto e estava compartilhando seu conhecimento durante essa palestra.

Curiosidade 2) A ideia do Nada Pop surgiu em meio a essa palestra do Fred, junto com outras coisas que aprendi naquele período cursando a Faap (depois não tive mais grana para concluir… Pena!). Mas aproveitei tudo o que pude, tanto que o Nada Pop veio depois disso. Obrigado Fred!

Curiosidade 3) Alisson Lima foi o ilustrador e animador do Filosofighters, um dos melhores jogos online que já vi na minha vida até o momento. São grandes filósofos da história em um jogo de combate no estilo Street Fighter. Para jogar basta clicar AQUI. Não irá se arrepender!

Curiosidade 4) Fred é jornalista e um dos idealizadores do Filosofighters, além de outros newgames que você pode conferir clicando AQUI.

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Maurício Martins

Jornalista, pai da Maria Stella, fã de quadrinhos e ficção científica. Aficionado por música, especialmente pelo punk e hardcore. Também é idealizador e editor do Nada Pop.

%d blogueiros gostam disto: