quinta-feira, 24 de Maio de 2018
Nada Pop

Mónó: um álbum para quem ainda não desistiu de viver intensamente

mono_capa

Capa do split “Mónó”

Cinco das melhores bandas em atualidade no país se juntaram para fazer um daqueles lançamentos que definitivamente ficarão marcados na história da música independente. Provavelmente você já ouviu falar delas, mas caso não tenha tido essa oportunidade antes, chegou o momento e o local exato para isso.

As bandas são: Chabad, Hollowood, Vapor, Blues Drive Monster e We Are Piano. Batizado de MÓNÓ, o split conta com três músicas inéditas de cada uma dessas bandas. Ou seja, são 15 faixas do mais puro sentimento de empatia, esperança, sonhos, além de cores e sentimentos que permeiam toda essa pequena obra-prima musical que ainda nos apresenta como se fosse um tapa na cara do quanto a arte se faz necessária em tempos de frio, cólera e solidão. Onde nossas ideologias são transformadas em armas de separação ao invés de união, tornando o verdadeiro inimigo ainda mais próximo de seus objetivos quando nos desencontramos daquilo que realmente nos torna seres sociais.

Mas deixando minhas elucubrações noturnas, vamos ao que realmente importa. MÓNÓ significa a busca pelo entrelaçamento de ideias, anseios e experiências de todas as bandas envolvidas, segundo explicam de forma coletiva. Além de compartilharem histórias e espaços, as bandas também dividiram estúdios, custos, informações, problemas, soluções e, entre conceitos, criações, acordes, ritmos, palavras e melodias, surge o álbum que se transforma em amigo, companheiro e – por que não? – remédio para alguns.

Com lançamento oficial marcado para o dia 1º de junho, próxima quarta-feira, o álbum sairá pelos selos Howlin’ Records e Bichano Records. Para ouvir o disco fique atento ao Facebook e Bandcamp do projeto – basta clicar AQUI ou AQUI. Vale destacar a participação do Estúdio Subway e Estúdio Kalundu, além da mixagem e masterização de Hugo Falcão Costa, na realização do projeto. Abaixo você fica sabendo um pouco mais sobre as bandas. Não deixe de compartilhar, de sentir, imaginar, viajar.

MÓNÓ – FAIXAS

01. Chabad – “Olhos Vermelhos, Dedos Amarelos e Uma Mente Em Branco”
02. Hollowood – “Lazy”
03. Vapor – “3 Days”
04. BLUES DRIVE MONSTER – “O Caso de Charles Dexter Ward”
05. We Are Piano – “Octopus”
06. Chabad – “Ode a Tony Montana”
07. Hollowood – “M E S S A G E”
08. Vapor – “Conte-me Mais”
09. BLUES DRIVE MONSTER – “Náusea”
10. We Are Piano – “Ludoterapia”
11. Chabad – “O Som”
12. Hollowood – “Beta Rhythm”
13. Vapor – “Já Dizia Nelson Rodrigues”
14. BLUES DRIVE MONSTER – “Imóvel”
15. We Are Piano – “Mantra”

chabad-capanp

Chabad

CHABAD

Chabad é a junção de três amigos apaixonados por música fazendo o que gostam, do jeito que gostam e sem se importar com o resto. Formada no início de 2008, na cidade de Itapecerica da Serra/SP, o baixista e vocalista Dija Dijones, o guitarrista Guilherme Braz e o baterista Diego Champs, a banda é o resultado do desejo de aventurar-se em um projeto musical onde coubessem todas as preferências musicais de seus integrantes: rock, hardcore, dub, jazz, punk, reggae, progressivo e música regional. Neste meio tempo, gravaram algumas demos, desbravaram os mais diversos espaços alternativos de São Paulo e adquiriram a experiência necessária para expressar sua música da maneira mais consistente possível, propiciando o repertório ideal para a mistura de sonoridades que povoa o imaginário do trio e virá à tona no seu vindouro primeiro disco.

Facebook: http://www.facebook.com/chabad.oficial/
Bandcamp: http://chabad.bandcamp.com
Soundcloud: http://www.soundcloud.com/chabad

hollowood_capanp

Hollowood

HOLLOWOOD

Renato e Kajiro eram amigos de escola e se juntavam vez ou outra pra tocar com outros colegas. Pouco depois convidaram Dan e passaram a escrever músicas próprias. A formação teve algumas mudanças até se consolidar com a entrada do Lucas “INSS” Takejame , que tocava com Renato em outra banda (cujo baterista toca hoje na BLUES DRIVE MONSTER). Quanto à música resultante dessa união, eles não sabem rotular com muita precisão. O que é ótimo, visto que segmentação nunca foi a proposta. Seguindo esta máxima, lançam o EP intitulado Zero em 2012. A ideia é que na Hollowood haja espaço para um pouco de tudo, ou pelo menos, tudo o que quiserem.

Facebook: http://www.facebook.com/hollowood.face/
Bandcamp: http://hollowood.bandcamp.com
Soundcloud: https://soundcloud.com/hollowoodmusic

vapor_capanp

Vapor

VAPOR

Se verbalizar sobre a música fosse possível ela não seria tão necessária assim. Portanto mostra-se muito mais útil falar sobre o que vem antes de qualquer som. A fórmula é simples. O truque é esse. Uma banda de amigos que quer se divertir e se expressar de maneira sincera e original, com a única expectativa de que a música que evapora eve se comunique também com quem ouve. E é assim, mais atento ao que é, ao invés do que pode parecer, que a banda lançou Culpem O Álcool, EP lançado em 2013.

Facebook: http://www.facebook.com/vapor.sp.rock/
Bandcamp: https://vaporrock.bandcamp.com
Soundcloud: http://soundcloud.com/vapor-rock

blues_drive_monster_capanp

Blues Drive Monster

BLUES DRIVE MONSTER

Em um tempo onde a necessidade de respostas previsíveis se insinua em todos os campos do saber, surge mais um filho que não aceita se sujeitar. Com um princípio de evolução intrínseco a suas composições, a BLUES DRIVE MONSTER vem transmutando seu som sem inspirações claras e sem finalidades últimas, realizando, assim, sua evolução criadora com a única preocupação em trazer, do fundo da realidade espiritual para a realidade material, um conjunto forte de versos que podem ser interpretados de múltiplas formas e harmonias que tentam se passar por infinitas formas de se enxergar e sentir o mundo para guiar e sustentar uma batalha sem tréguas para com nossa sociedade do espetáculo, conforme se vê nos EPs Cinzas de Uma Cidade Sem Cor (2010) e Antimatéria (2012).

Facebook: http://www.facebook.com/BLUESDRIVEM/
Bandcamp: http://bluesdrivemonster.bandcamp.com
Soundcloud: http://soundcloud.com/bluesdrivemonster

wearepiano_capanp

We Are Piano

WE ARE PIANO

Mesmo antes de terem se encontrado, a origem se tratou de tomar conhecimento das composições do outro por meio virtual. Foi assim que Vitor Almeida Lopes (guitarra/voz) e Raul Teodoro (guitarra/voz) iniciaram tudo. Mudar para a mesma cidade possibilitou consolidar uma formação, que passou a contar com Guilherme Abreu (baixo/voz) e Eliton Silva (bateria/voz). Buscando materializar as canções, descobriram grande interesse pelos improvisos. O percurso, enquanto musical, se desenvolveu a partir de um repertório no qual até mesmo as composições propositais sentiam os efeitos dos incidentes. Reunir qualquer número e combinação de indivíduos para uma celebração torna especial cada nova execução, que surgia imprevisível e nunca mais era repetida. O primeiro lançamento, Goma Sessions em 2013, traz a base da fundação. Pelo costume de registrar cada encontro, o álbum Jams, lançado em 2014, compila improvisações do período entre 2012 e 2014 e revelou a trajetória deste entrosamento e da face mais incidental da banda.

Facebook: http://www.facebook.com/wearepiano/
Bandcamp: http://wearepiano.bandcamp.com
Soundcloud: http://soundcloud.com/we-are-piano

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Maurício Martins

Jornalista, pai da Maria Stella, fã de quadrinhos e ficção científica. Aficionado por música, especialmente pelo punk e hardcore. Também é idealizador e editor do Nada Pop.

%d blogueiros gostam disto: