quarta-feira, 18 de julho de 2018
Nada Pop

Lo-Fi – A distorção e volume sem moderação

Banda Lo-fi: O maior foda-se que se pode dar ao mundo.
Por Diogo Dias*

Se tem uma coisa que eu gosto numa banda é quando detecto aquela maldade nos acordes. Distorção e volume sem moderação. O maior foda-se que se pode dar ao mundo. Essa maldade foi a primeira coisa em que prestei atenção ao dar o play no disco Long Hair Cold Drinks da galera do Lo-Fi.

EP Long Hair Cold Drinks,
da banda Lo-Fi

Quando o Nada Pop me pediu pra que ouvisse os caras e fizesse uma resenha sobre o EP que foi lançado esse ano, eu de cara busquei na memória se já não tinha ouvido o som deles, pois o nome não me era estranho. Mas a dúvida morreu assim que eu botei o som pra rolar. É claro que eu não tinha escutado nada deles. Ou eu seria muito vacilão de não ter gravado essa catarse na minha memória. Digo isso porque o Lo-Fi é uma banda que te deixa extremamente feliz ao ouvi-la, por te fazer sentir aquilo que eu mais valorizo numa produção musical: a sinceridade. É um som autêntico, sem medo, sem preocupações estéticas pra agradar ninguém.

Paguei um pau.

Falando especificamente do EP, o que tenho a dizer é que você deve ouvir bem alto, quase estourando o fone, saca? O porquê eu já disse no começo do texto, as guitarras são para ouvir no maior volume possível. E também não posso deixar de dar os créditos à cozinha que mantém uma levada hardcore muito foda durante o EP inteiro, com direito a um baixão distorcido que é o puro creme do milho verde também. Na boa, eu fiquei com uma vontade da porra de ver o show dos caras.

Lo-Fi = Distorção e volume sem moderação.

Isso me fez lembrar de dizer que os caras são de São José dos Campos. Um detalhe importante, porque o interior de SP sempre foi um grande gerador de ótimas bandas e de um público de extremo bom gosto. Bom, não me alongarei mais. Se você ainda não foi na aba aqui embaixo pra ouvir o EP Long Hair Cold Drinks do Lo-Fi, agora é a hora.

Links da Lo-Fi:

**************************************

*Diogo Dias é integrante da banda Vapor e um dos idealizadores do festival de música independente Rock Ex Machina. Para conferir mais sobre a Vapor e sobre o festival basta clicar AQUI e depois AQUI.

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Nada Pop

Nada Pop é um espaço sobre punk, hardcore e alternativo.

%d blogueiros gostam disto: