segunda-feira, 11 de dezembro de 2017
Nada Pop

Faixa a faixa do álbum “O Homem é o Que o Homem Faz” com o Mollotov Attack

Mollotov Attack – Foto: Marco Del Giorno

E o grand finale desse especial 5inco dias de Mollotov é um faixa a faixa especial com os integrantes do Mollotov Attack, falando sobre cada música do álbum “O Homem é o que Homem Faz”, lançado aqui no Nada Pop. São 12 faixas de puro hardcore, com mensagens diretas e retas e tornando um álbum essencial para quem curte o gênero.

Se você perdeu algum dia desse especial ou ficou curioso para saber do que falamos nessa semana, basta clicar AQUI e conferir. A compra do álbum pode ser feita no site do Microfonia.net. O álbum já está disponível para você ouvir no Spotify, aproveite e confira as músicas enquanto lê esse faixa a faixa.

FAIXA A FAIXA – MOLLOTOV ATTACK | O HOMEM É O QUE O HOMEM FAZ (2017) 

01 – SEMPRE EM FRENTE

Bollaxa – Fala sobre superação e ter força para continuar nosso caminho mesmo que em dias nebulosos. Temos que seguir sempre em frente (P.M.A.)

Cyco – Uma mensagem positiva pra abrir o disco, com um riff de guitarra muito legal.

02 – CULTURA DE RUA

Bollaxa – Nossa cultura punk/hardcore de rua. Isso é o que somos até o fim.

Cyco – Aquele flerte com o crossover e participação especial do nosso amigo mexicano Mori, vocalista do Biting Socks, especialista no assunto.

03 – PERDEDOR

Bollaxa – Pessoas que não tem força para superar seus erros ou quedas, só olham o passado. Sendo assim nunca irão ter força para melhorar o futuro (TENTE MUDAR O AMANHÃ).

Cyco – Porrada do começo ao fim. Tem um backing vocal malandrão, quase um delay, ideia do Fabio Godoy que também ajudou a engrossar o coro.

Mollotov Attack – Foto: Apolo Sales

04 – ESCOLHA

Cyco – Primeiro single do disco, um punk rock anabolizado, bom pra pogar e cantar junto

Bollaxa – Escolhas que temos nas nossas vidas, que impactam diretamente nossa forma de viver ou agir, afinal temos que escolher um lado.

05 – O HOMEM É O QUE O HOMEM FAZ

Bollaxa – Cada escolha uma renúncia, você decide o que deixar pra trás. Olhe bem ao seu redor e dê valor ao que importa…

Cyco – Aqui a coisa ficou séria. Faixa título, muito peso no instrumental e na ideia. Participação do grande Gepeto, do Ação Direta. Foi uma verdadeira aula assistir esse cara no estúdio.

06 – GUERRA SANTA

Cyco – Uma espécie de poesia sobre o absurdo das guerras motivadas pela intolerância religiosa.

Bollaxa – Sobre as guerras movidas por questões religiosas.

07 – SOLDIER BOY

Bollaxa – A triste realidade de lugares onde crianças são recrutadas para lutar.

Cyco – Faixa que já tinha aparecido na coletânea Chaoz Day, de 2013. Agora em sua versão definitiva.

08 – INCENTIVO

Bollaxa – O nome já diz, incentivo de seguir seu caminho… Que o mundo tá uma bosta, os punks desde os primórdios, nos anos 70 já alertaram. Então precisamos de incentivo para não abandonar essa luta.

Cyco – Aquele empurrãozinho que às vezes falta pra te tirar de uma situação adversa. Pra garantir a eficácia, nada melhor que o vocal destruidor do Antônio (Downhatta/Crackolândia) no ouvidinho!

09 – ALIADOS

Cyco – Uma homenagem aos nossos amigos. As pessoas que estão sempre ali, não importa a distância e que não nos deixam desanimar.

Bollaxa – Para os amigos, para os aliados, para a família MOLLOTOV ATTACK.

Flyer da tour do Mollotov Attack pelo Amazonas

10 – NO CAMINHO DO LIXO

Bollaxa – Pessoal que está na merda literalmente e não enxerga que está se afundando cada vez mais. Estão no caminho do lixo e nem percebem. É preciso um tapa na cara pra acordar.

Cyco – Música que fala sobre o vício, mas que também aponta um caminho pra fora dele. Participação da Garotta Mollotov, Bajul Marotta, num vocal feminino sinistro.

11 – FORÇA TOTAL

Bollaxa – Injeção de ânimo.

Cyco – Acho que tem uma dose de Irmã Talitha aqui, porque na primeira vez que ensaiamos os caras já empurraram esse vocal pra mim e assim ficou.

12 – VIDA DURA

Bollaxa – Realidade da nossa correria no dia a dia. Ninguém aqui é boy, então a vida é dura sim!

Cyco – Essa música terminava com um riff mais calmo, que achamos que ficaria legal como uma base pra um rap. Convidamos os Loucos d’La Mente pra um ensaio, que terminou em festa no bar do Zezinho e selou definitivamente essa amizade da qual nos orgulhamos muito, além de uma faixa muito inspirada.

FACEBOOK | YOUTUBE | SEMANA ESPECIAL – 5INCO DIAS DE MOLLOTOV

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Maurício Martins

Jornalista, pai da Maria Stella, fã de quadrinhos e ficção científica. Aficionado por música, especialmente pelo punk e hardcore. Também é idealizador e editor do Nada Pop.