sábado, 26 de Maio de 2018
Nada Pop

Entrevista Mukeka di Rato – Especial Punktoberfest 2014

Essa é a penúltima entrevista do Especial Nada Pop Punktoberfest 2014, dessa vez o papo é com o grande Fabio Mozine, baixista do Mukeka di Rato, Os Pedrero, e guitarrista do Merda.

NADA POP – Recentemente vocês anunciaram no Facebook que irão gravar um EP novo agora no final de 2014. Como estão as ideias para o EP? Quantas músicas e, comparando com o Atletas de Fristo, como deve vir a pegada desse EP?

MOZINE – É um EP bem mais crust. São 8 músicas e já estão feitas desde 2012, eu acho, mas só agora pintou de gravar. Se chamará “Hitlers dogs Stalin Rats” e vai sair em CD e EP. As músicas são em inglês, 1 em português, 1 em espanhol e 1 num italiano de mentira la todo indigesti da vida, além de Guerra Desumana do Ratos de Porão.

NADA POP – Hoje em dia é muito mais fácil ter uma banda, gravar, divulgar e até marcar shows se comparado com a cena independente há 20 anos. Porém o fácil não quer dizer melhor, na sua opinião está melhor, pior ou a mesma merda?

MOZINE – Mesma merda, só vai mudando o ano e as pessoas (hehehe). O lance é que com a facilidade em fazer tudo isso aí surge muita coisa ruim, mal feita etc.

NADA POP – Por causa da Läjä Records (além é claro por você ser uma das pessoas mais conhecidas da cena punk/hardcore no país) você deve receber muito material de banda, certo? Quais são os erros mais frequentes que você percebe em bandas iniciantes e como você filtra todos esses materiais que chegam na sua mão/ouvidos?

MOZINE – Complicado eu ficar fazendo esse tipo de análise, parece cara que resenha discos da Rock Brigade, mas velho, o que você falou tem razão, recebo muitas bandas. Algumas pecam em aspectos mais básicos como te enviar uma demo num CD sem estar escrito nada. Ou seja, vai que eu recebo um CD, perco a capa (geralmente vem até sem) e não tem o nome da banda ou e-mail escrito no CD? Mas o grande problema é receber sempre mais do mesmo, sacou? Tudo parece ser mais do mesmo, mesmo estilo, mesma piada, mesma gravação, mesma mixagem, mesmas ideias.

NADA POP – São 20 anos (ou quase) de Mukeka di Rato, qual frase resumiria esse tempo de banda e qual música do Mukeka (se é possível dizer só uma) representa bem a banda?

MOZINE – Mukeka di Rato por favor acabe! Hehehe…

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Maurício Martins

Jornalista, pai da Maria Stella, fã de quadrinhos e ficção científica. Aficionado por música, especialmente pelo punk e hardcore. Também é idealizador e editor do Nada Pop.

%d blogueiros gostam disto: