quarta-feira, 18 de julho de 2018
Nada Pop

Don Ramón – Campinas New Generation

Se você for analisar a banda pelo nome e pelo visual desses garotos, isso poderá te fazer pensar que o Don Ramón é apenas uma banda montada por uma molecada pretensiosa que está a fim de fazer um som. Mas, ao começar a ouvir o som desse quarteto de Campinas, pode crer que aquela sua ideia de subestimar os caras terá sumido da sua cabeça (confessa vai, diz se você também não pensou nisso?). O som que eles fazem é bem responsa e nem fica devendo nada pra ninguém.

Don Ramón ao vivo no Woods bar, em Campinas. Foto por J MAG

A banda, nascida em 2012, é formada por Artie Oliveira (vocal), Pedro Lizard (guitarra), Paulo Carvalho (baixo) e João Cavera (bateria). O Don Ramón faz uma mistura de hardcore, punk, metal, trashcore e grind na linha de bandas como Mukeka Di Rato, Ratos de Porão, DRI, Misfits, Ramones e DFC. O nome do grupo, além de remeter ao eterno Seu Madruga (se você não souber do que se trata, por favor, suma daqui!), foi pensado pelo próprio vocalista (Artie), que certo dia voltando pra casa depois de um ensaio, lembrou de bandas com nomes bem peculiares, como Derci GonçalvesJello Viagra e Charles Bronson. Foi aí que veio a ideia de homenagear o velho Madruga.

Após alguns ensaios e sons praticamente prontos, logo entraram em estúdio para a gravação do primeiro EP, o “Fat Boy Strikes Again”. Lançado em abril de 2013, pelo selo Putrefa Records, o play conta com sete sons, mostrando toda a potência e agressividade de sons como “Titicaca”, “Orgulho do Papai” e “It´s a Fracture”. Esse último som acabou virando videoclipe e hit da banda e foi produzido pelos próprios integrantes, gravado durante a apresentação deles no Festival Auto Rock. Ouvindo o instrumental e o vocal dessa música me lembrei daquela fase mais antiga e thrash do NOFX, do álbum “Liberal Animation”.

 
Com a boa repercussão desse primeiro álbum, o “Fat Boy”, as portas se abriram e eles foram chamados para diversos shows. Os caras já dividiram o palco com o Dance of Days, Leptospirose, Dirijo, Billy the Kid (Costa Rica), Makazumba e Meia Lua Soco. Para felicidade deles, abriram o show da lendária banda campinense Muzzarelas, banda essa que é unanimidade entre todos os integrantes do Don Ramón, sendo uma das principais influências dos caras.
 
Foto por J MAG
Além do primeiro EP, lançaram quase que em sequência mais dois trabalhos: “From the Past Comes the Demos”, que reúne os quatro primeiros sons gravados do grupo, e o ao vivo “Fatso is Watchin´You: Bring the Past Back to Live!”, que reúne oito músicas dos dois primeiros álbuns e mais duas inéditas. O último foi gravado durante a abertura da banda no show de retorno dos Muzzarelas. 
 
Ouvindo o trampo ao vivo dos caras, é possível ter uma noção do feeling e da energia da banda, e de como o grupo interage entre si. Também nota-se que ainda é necessário dar uma pequena arredondada no som. Mas isso não tira o brilho e a qualidade do Don Ramón, mesmo porque o tempo, os ensaios e a dedicação do quarteto se encarregarão desse detalhe.
 
Ainda é cedo pra dizer se essa banda se consolidará como uma nova referência de peso da cena de Campinas (vide as clássicas Muzzarelas e Coice de Mula). Dizemos isso apenas porque viver no underground, principalmente aqui no nosso país, é algo bem “casca grossa”. Quantas bandas boas e com muito potencial já vimos acabar com pouco tempo de estrada? Esperamos que o Don Ramón cresça, pois o grupo possui potencial de sobra pra isso. Se continuarem se inspirando nas lendárias bandas campinenses, eles com certeza estarão seguindo por um bom caminho.
 
  goarts@gmail.com
 
Facebook  |   Youtube  |  Bandcamp 
 
Campinas possui um belo cenário atualmente, se quiser, assista o documentário “Punk Roça: Musica e Conflito no Interior”. Para assistir basta CLICAR AQUI.

 

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Toni Dissidente

Toni Dissidente é vocalista e fundador da banda Dissidentes, com mais de 10 anos de estrada. Também foi um dos idealizadores do Nada Pop, deixando o site em 2015.

%d blogueiros gostam disto: