terça-feira, 14 de agosto de 2018
Nada Pop

Disacusia: O distúrbio sonoro e a tortura social se misturam no EP Tripalium

Segundo uma pesquisa rápida na internet, Disacusia significa “estado mórbido em que certos sons produzem distúrbio da audição, dor ou mal-estar”. Provável que o nome da banda tenha se inspirado exatamente nessa expressão “distúrbio”, já que a banda traz em seu trabalho de estreia uma barulheira crust/grind digna de um verdadeiro caos – e isso é muito bom.

Com origem em João Pessoa, na Paraíba, os caras da Disacusia revelam em suas letras uma indignação e ao mesmo tempo uma busca pela redenção, apontam os erros de uma sociedade doente e suas contradições, porém tentam não desanimar e insinuam discretamente uma direção mais positivista – mesmo que isso não fique tão claro num primeiro momento.

Mas não se engane, com o título de Tripalium o nome do EP revela logo de cara as suas intenções: transformar a opressão social, ferramenta de tortura da mente e da alma, em combustível necessário para reverter essa opressão e se libertar das amarras do desespero. É um trabalho denso, forte e que ao mesmo tempo se revela insurgente e relevante. Ouça e preste atenção pelo menos na letra de “Deturpação da Mídia”.

Construindo mais uma merda
Uma conduta de imagens que distorcem a realidade
Corroendo a sua mente
Induzindo a sociedade a partir do medo
Banaliza, segrega e acirra o conflito
Aumentando o foço já existente das classes
Até quando nossa vida não será respeitada?
Até quando?
Informações que não retratam a verdade
Sensacionalismo que degrada
Poluindo sua vida com total desrespeito

Instigando uma guerra contra um falso inimigo
Aumentando o foço já existente das classes

Até quando nossa vida não será respeitada?

Ofendi-me em ver que não existe vida
Progredindo para um caminho de ódio
Esse gosto amargo de ferro me causa um nojo
De alguém como você

Para curtir a página da banda acesse: https://goo.gl/dVM3Xh

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Maurício Martins

Jornalista, pai da Maria Stella, fã de quadrinhos e ficção científica. Aficionado por música, especialmente pelo punk e hardcore. Também é idealizador e editor do Nada Pop.

%d blogueiros gostam disto: