quinta-feira, 23 de novembro de 2017
Nada Pop

Deserdados e Faca Preta em um passeio punk na Paulista

É possível definir o “centro da cidade” como o local onde está concentrado o comércio ou sede de empresas que ditam o ritmo econômico da região, cidade ou estado. Nesse caso, a Avenida Paulista, atualmente é o centro, em São Paulo. Por outro lado, o glamour turístico criado por sua localização permite que qualquer acontecimento ganhe destaque, por isso é o palco de diversas manifestações culturais e ideológicas, algo que não foi diferente no dia 31 de julho. Próximo a estação de metrô Trianon Masp ocorreu o “Punk Rock na Paulista”, com as bandas Faca Preta e Deserdados.

Um pouco depois das 11 horas, o Faca Preta despertou a galera, foi a primeira vez que vi um vocalista saudando com um “bom dia” (obrigado Fabiano, inesquecível rs). Com um setlist autoral em português, a cada apresentação o quinteto ganha mais espaço e personalidade (formaram-se como banda em 2013). As canções “O Caminho das Ruas” e “São Paulo” do primeiro disco, já são indispensáveis nas apresentações dos caras. Essa em especial, ainda contou com dois covers clássicos, do Cock Sparrer e Garotos Podres.

faca_preta

Faca Preta – Foto: Dud Hallikainen

Por questão do horário e o fato da avenida estar fechada, aos domingos, para o lazer, muitas famílias reuniram-se para curtir o som, algumas por curiosidade, mas o fato é que a “calçada-palco” estava tomada. Os raios de sol despontavam entre os prédios e os Deserdados empunhavam seus instrumentos destilando suas músicas de combate, ou melhor, Rock de Combate, foi um passeio para a livre manifestação ideológica, mas dessa vez embasada na sonoridade punk. O trio, Lambão, Celo e Favela, apresentaram seus clássicos que incluíram músicas do álbum “Mais Um Dia”, lançado em 2013. Foi um show cheio de ferocidade e energia juvenil, nem parecem ter duas décadas de existência.

Na região, no período tarde, foi realizada manifestações “pró-impeachment”, com seu teor de discussão baseado em ofensas e ódio, já conhecidos, vai ser uma perda de tempo detalhar sobre. Sabe como é!? Melhor não contrariar!

Deserdados: https://deserdados.bandcamp.com

Faca Preta: http://facapreta.bandcamp.com

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Bruno Palmito

Skate, kombi, shows, acampar e cerveja deixam-no mais perto daquilo que ele define como felicidade, se a trilha sonora for Punk Rock/Hardcore com pitadas de Ska, é um breve resumo da perfeição nessa vida. A música é a manifestação ideológica do sujeito, acredita Palmito.