quinta-feira, 23 de novembro de 2017
Nada Pop

Crônicas ~ O animal político que habita perto de você

O animal político que habita perto de você.

– Todo e-mail que José Serra recebe manda imprimir, mesmo que seja spam. Gosta de ler tudo no papel.

– Se tem peixe Geraldo Alckmin não come. Nem senta à mesa. Tem nojo de peixe. Alckmin gosta de bife de carne bovina, bem passado.

– Semana passada Jair Bolsonaro cortou o dedo. Foi abrir uma lata de castanha de caju no hotel e se machucou. Jair se sentiu sozinho com o dedo cortado, mas disse a si mesmo “Deixa disso Jair, fica pensando besteira não!”.

– Lindberg Farias ainda carrega consigo sua primeira carteirinha da UNE. Nunca usou para entrar em nenhum show. Sempre que foi a espetáculos era convidado VIP.

– Marta Suplicy está flácida. Não seus braços ou pernas, mas sim seu cérebro, que não acompanha a realidade. Marta nos presenteou com o cover mais mal acabado do Billy Idol.

– Jean Wyllys quer fazer esteira. Ele prometeu a si mesmo que correria 4 vezes por semana. Não cumpriu.

– Luiz Inácio Lula da Silva quer ser presidente de novo. Pensa que só ele pode salvar o país. Lula deixa de lado o pensamento de que ninguém salva esse país. Ninguém.

– José Sarney está senil. Indícios de esclerose já podem ser notados. Em sua mente confusa, devido à idade, ele ainda tem arroubos de poder. Pobre e podre Sarney.

– Fernando Collor de Mello tem um profundo sentimento de injustiça em relação a si próprio. Exige respeito. Fernando tem problemas psicológicos que nunca foram tratados. Nem serão.

– Paulo Maluf é mitômano. Ele vive aquilo que sua cabeça cria, assim como um artista vive do que pinta na tela. Ambos acreditam que aquela fantasia criada e exposta ao mundo é real.

– Netinho de Paula bateu na esposa. Diz que perdeu a cabeça após uma briga. Netinho é pobre de espírito, pouco inteligente e covarde.

– Aécio Neves teve a infância, adolescência e começo de vida adulta sendo constantemente assistidos pela família, nada lhe faltou. Somos fruto do ambiente em que crescemos e de nossa trajetória. É mimado.

– Aécio Neves é muito parecido com o Dollynho. A diferença é que o Dollynho é meu abiguinho, já o Aécio pode ir pros quinto dos inferno.

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Rafael Moralez

Rafael Moralez é músico, ilustrador e autor da série Peixe Peludo. Conheça seu blog de ilustrações