segunda-feira, 24 de setembro de 2018
Nada Pop

Corotinho ganha homenagem definitiva pela banda Garrafa Vazia

corotinho_ep

Corotinho, o mais novo EP da Garrafa Vazia

Ahhh… Quem nunca tomou um Corotinho com limão taiti, gelo e açúcar? Fez aquela farra e depois acordava com uma baita dor de cabeça, hein? Hein? Bons tempos… A verdade é que a gente tomava Corotinho puro mesmo… “Dilícia!!”

Mas não estamos aqui para falar sobre o passado recente, no entanto bandas como a Garrafa Vazia simplesmente nos presenteiam com pérolas musicais impossíveis de descrever sem lembrar de alguns momentos de alegria e diversão, entre uma ou outra confusão.

Com 4 faixas de puro punk rock, todas sensacionais diga-se de passagem, Garrafa Vazia apresenta mais do mesmo em seu novo EP chamado “Corotinho”: refrões grudentos, letras cheias de humor e sempre com uma atitude “faça-você-mesmo”. Fica difícil não gostar da banda ou pelo menos respeitá-los pelo amor que demonstram em todos os trabalhos do grupo.

O disco é uma com a produtora Pé de Macaco S/A, de São Carlos, com a Two Beers or not Two Beers, de Goiânia (que possui 14 anos no underground nacional. Ou seja, de tirar o chapéu ou, se preferir, o boné).

Recebi o álbum pelo correio, o próprio Mario Mariones (baixista e vocalista do Garrafa Vazia) me mandou. Tenho quase todos os trabalhos dos caras. Todos ótimos, os caras são tipo o Nirvana da roça, isso se você curte Nirvana, mas pode trocar por outra banda punk que você goste.

garrafa_vazia_discografia

Em cinco anos a Garrafa Vazia lançou seis trabalhos. Foda!

A banda vende seus trabalhos na raça, sendo fácil de encontrar nos shows o disco por um preço camaradíssimo. Se quiser, mande um e-mail para o Mario e receba os álbuns em casa: mariomariones@gmail.com. O contato também pode ser feito pelo Facebook da banda – clique AQUI.

“Corotinho, Corotinho, Corotinho é um milagre no potinho”

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Maurício Martins

Jornalista, pai da Maria Stella, fã de quadrinhos e ficção científica. Aficionado por música, especialmente pelo punk e hardcore. Também é idealizador e editor do Nada Pop.

%d blogueiros gostam disto: