quarta-feira, 17 de outubro de 2018
Nada Pop

Com “Ultra Cosmic Blues” Lo-Fi mostra que punk também pode usar botas de couro

Isso aqui é rock de gente grande, gente que não tem tempo a perder com “mimimi” ou com qualquer nova bobagem inventada na internet. Isso aqui é pra ser ouvido com uma bela de uma cerveja gelada e muita gente ao redor, seja também bebendo ou fumando, mas todos na vibe de viver sem a preguiça tão presente hoje em dia no convívio humano.

Lo-Fi e seu Ultra Cosmic Blues não é pra qualquer um, isso não. É pra gente com vontade de ouvir algo sujo e barulhento, visceral e viciante, com vontade de se jogar no pogo ou da sacada, com cheiro de bebida na camisa ou pernas tatuadas. É rock com “r” maiúsculo, que não se ouve em qualquer baladinha. É baladona mesmo, com pessoas livres de espírito e com muita vontade de gastar seu precioso tempo vivendo ou ao invés de contabilizando quantas garrafas foram consumidas ou cigarros tragados.

Isso aqui é para dançar, bater cabeça, transar ou até mesmo relaxar com o ilícito sem ultrapassar a liberdade de ninguém. É para extravasar sua moral e seu bom costume, correr contra a maré e nadar nu no oceano. Não tente teorizar a banda e muito menos classificá-los como country punk, hardcore sertanejo ou metal caipira. Fodam-se os rótulos, isso aqui é rock com “r” maiúsculo, daqueles que se ouvia há muito tempo quando os Gigantes caminhavam sobre a Terra. A banda não está interessada em inventar a roda, na verdade querem destruí-lá, ou apenas não se deixarem destruírem por ela. Entenda a tal “roda” como quiser, mas podemos dizer que as comodidades tecnológicas não foram suficientes para atraí-los. Fizeram tudo no bom e velho modo de gravação: guitarra, baixo, batera e culhão.

Os caras se reinventam a cada disco, mostram uma faceta mais doida a cada álbum, cagando pra quem curtir ou não a banda. Claro, quanto mais gente curtindo melhor, mas lugares para desbravar e tocar o terror. Ouça Purple Sage/Blessed Wolf/Silver and Gold e solte seus lobos, faça uma viagem com Captain Galaxy and His Pirates (part. 1) e antes de sucumbir diante de White Trash Litoral, relaxe com Love.

Permita-se com Ultra Cosmic Blues, liberte sua loucura sã com esse álbum ideal para tempos doentes.

Quer ver tudo isso ao vivo? Bom, não deixe de clicar em participar desse evento aqui: Zero Zero, Lo-Fi e Deb And The Mentals. Link do evento no Facebook: http://migre.me/tljgr

SERVIÇO

ZERO ZERO E LO-FI (festa de lançamento do split K7)

Banda convidada: Deb and The Mentals

Ingressos: R$ 10 Lista – R$ 20 Porta

Horário: a partir das 22h40h
Local: Rua Augusta 339 – São Paulo

Saiba mais sobre esse split clicando AQUI.

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Maurício Martins

Jornalista, pai da Maria Stella, fã de quadrinhos e ficção científica. Aficionado por música, especialmente pelo punk e hardcore. Também é idealizador e editor do Nada Pop.

%d blogueiros gostam disto: