sexta-feira, 19 de outubro de 2018
Nada Pop

Chuck Ragan apresenta suas múltiplas habilidades em Till Midnight

Com uma voz inconfundível (e um pouco rouca) Chuck Ragan, vocalista e guitarrista do Hot Water Music, traz em seu trabalho solo, Till Midnight, uma sonorização diferente para os amantes do Rock and Roll. Com dez faixas o álbum saiu no Brasil pela HBB.

Alguns trabalhos, como esse, criam uma expectativa e novas experiências em nosso repertório musical. Descobrir algo novo é bacana e assim acontece com a música Something May Catch Fire que abre o trabalho, ela é um convite dançante para às faixas seguintes. Vagabond, uma de minhas preferidas, possui uma versão gravada, disponível no Youtube, nota-se nela a harmonia dos instrumentos e músicos.

É difícil concluir o tipo de som de Chuck, pois suas características passeiam por alguns estilos, como o folk. Já o tom de originalidade do disco, é presente devido à experiência do músico (são quase três décadas na música), por outro lado, a capacidade de executar múltiplas tarefas colabora com a criatividade. Na canção Bedroll Lullaby, no Youtube também, o cara canta, toca violão e gaita, num desempenho ímpar.

Compositor virtuoso, Chuck descreve suas criações e o sentimento de compor, “gosto de escrever canções de amor, porque é a mais poderosa emoção. É um dos motivos que nos trouxe a terra e nos faz querer lutar para tornar o mundo um lugar melhor”.

Till Midnight é um álbum para se ouvir inteiro sem interrupções numa noite qualquer. Confiram!

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Bruno Palmito

Skate, kombi, shows, acampar e cerveja deixam-no mais perto daquilo que ele define como felicidade, se a trilha sonora for Punk Rock/Hardcore com pitadas de Ska, é um breve resumo da perfeição nessa vida. A música é a manifestação ideológica do sujeito, acredita Palmito.

%d blogueiros gostam disto: