quinta-feira, 16 de agosto de 2018
Nada Pop

Asfixia Social e a diversidade de Cuba

Foram 10 shows em 20 dias da banda Asfixia Social por Cuba. Além de ser a primeira tour internacional do grupo, também foram a primeira banda brasileira a realizar essa turnê pelo país. Com apoio e registro da Oloeaê Filmes, surge o documentário “Cuba Punk – Asfixia Social”, o primeiro registro em alta qualidade da cena underground de lá.

Apesar dos vários “primeiros” que citamos no início do texto, o documentário revela uma proximidade entre culturas muito interessante, demonstrando que o punk, salsa, hip hop, jazz e hardcore conseguem se unir quando há inspiração e energia. Energia que não falta ao Asfixia, talento que sobra de guitarras, baixo e bateria e com a grande presença de seu frontman Kaneda, representando de verdade a frase “juntos somos resistência”.

Assista o documentário abaixo e não deixe de conferir uma entrevista do Kaneda falando exatamente sobre a tour para o blog Tosco Todo, basta clicar AQUI.

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Maurício Martins

Jornalista, pai da Maria Stella, fã de quadrinhos e ficção científica. Aficionado por música, especialmente pelo punk e hardcore. Também é idealizador e editor do Nada Pop.

%d blogueiros gostam disto: