sexta-feira, 19 de outubro de 2018
Nada Pop

#031 – Os 10 álbuns de Leandro Franco (Asteroides Trio)

Leandro Franco é baterista e vocalista do Asteroides Trio, banda de rockabilly paulista e que no ano de 2012 lançou o já clássico álbum “Punkabilly – Tributo rockabilly ao Punk Nacional”. Como o próprio nome diz, o tributo presta uma homenagem muito interessante e foi produzido pelo cinegrafista Cleiner Micceno. São nove versões para clássicas músicas punk, além de quatro canções próprias do trio que entraram como bônus. Entre as músicas e participações é possível destacar “Nicotina” (Os Replicantes), “Direito à preguiça” (Restos de Nada) e “Grandôla – Vila Morena” (365).

Formada por Leandro Franco (bateria e vocal), Weasel Rocker (baixo acústico) e o Formiga (guitarra), a banda existe desde 2006. Possui influências de rockabilly, psychoobilly, punk rock e garage rock. No ano passado o trio lançou um EP com duas faixas e produção do Ronaldo Passos, da banda Inocentes. O destaque desse trabalho fica para a faixa “Musglomina” inspirado no livro Admirável Mundo Novo, do escritor Aldous Huxley.

Além de músico, Leandro também atua como chargista e já assinou a animação de alguns clipes, como o Motöredson, da banda  Ódio Social (clique AQUI para ver). As imagens usadas para apresentar os álbuns e artistas escolhidos nessa edição dos 10 álbuns foram todos desenhados por ele. “Selecionei alguns álbuns que de certa forma me influenciaram no Asteroides Trio e, ao mesmo tempo, é uma trilha sonora para minha vida. Na realidade, gosto de muito mais coisas, mas estes álbuns são bem representativos”, diz.

Neste ano, o Asteroide lançou o o DVD “Punkabilly ao Vivo”, gravado no Espaço Som em junho do ano passado por Crissostenes Souza, áudio de Ivy Beyond (No Limits Estúdio) e edição pelo próprio Leandro Franco. Entre os músicos que participaram desse belo trabalho estão o Barata (DZK), Ariel (Invasores de Cérebros), Wendel (Cólera), Leo Moraes (Luta Civil), entre outros convidados especiais. Assista acima e não deixe de curtir a página da banda, clicando AQUI.

#031 – Os 10 álbuns de Leandro Franco (Asteroides Trio)

01 – SEX PISTOLS – NEVER MIND THE BOLLOCKS (1977)

Disco que eu comprei na Galeria do Rock na minha adolescência e que influenciou diretamente em tudo que eu escuto hoje. Separo minha vida em antes e depois de Never Mind the Bollocks.

sex_pistols

02 – RAMONES – ROCKET TO RUSSIA (1977)

Ouvi pelo menos umas 100 vezes esse disco em minha vida. Tanto é que já tive banda de Ramones cover e sei cantar todas as músicas do início ao fim.

ramones

03 – BUDDY HOLLY (1957)

Artista que me influenciou no Asteroides Trio. Simplicidade e genialidade. Buddy estava à frente de seu tempo. Recomendo.

buddy_holly

04 – BO DIDDLEY (1958)

Artista dos anos 50 que influenciou diretamente Buddy Holly e muitos outros músicos. Bo Diddley era baterista antes de ser guitarrista, e com a guitarra reproduzia um som tribal e diferente para a época.

bo_diddley

05 – JOHNNY BURNETTE (1957)

Rockabilly nervoso da década de 50. Johnny Burnette, assim como Elvis, veio da classe operária. Inclusive trabalharam juntos numa fábrica.

johnny_burnette

06 – JOHNNY THUNDERS – SO ALONE (1978)

Junkie e gênio maldito. Em minha opinião, ele é o Chuck Berry de sua época. Até hoje muito imitado por diversos guitarristas.

johnny_thunders

07 – CRAMPS – BAD MUSIC FOR BAD PEOPLE (1984)

Banda que conheci na década de 90 e abriu as portas para o garage rock e psychobilly. A partir do Cramps conheci diversas outras coisas que os influenciaram também.

cramps

08 – JOHNNY CASH (1957)

Artista que gosto tanto de sua obra como de sua história pessoal. Na realidade, difícil até de separar uma coisa da outra. Tenho mais preferência pelo seu período na Sun Records.

johnny_cash

09 – CÓLERA – PELA PAZ EM TODO MUNDO (1986)

Banda nacional que gosto desde moleque. Me inspiro bastante nas atitudes do Redson como pessoa. Suas letras transmitem além da revolta, uma mensagem de luta e esperança.

colera

10 – REPLICANTES – O FUTURO É VORTEX (1986)

Umas das bandas nacionais que mais gosto no punk. Curto muito o sarcasmo das letras, o som. Clássico absoluto.

replicantes

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Maurício Martins

Jornalista, pai da Maria Stella, fã de quadrinhos e ficção científica. Aficionado por música, especialmente pelo punk e hardcore. Também é idealizador e editor do Nada Pop.

%d blogueiros gostam disto: