quarta-feira, 17 de outubro de 2018
Nada Pop

#007 – Os 10 álbuns de Canisso (Raimundos)

Seu nome é José Henrique Campos Pereira e talvez assim você não consiga descobrir de cara quem ele seja ou o que faz, mas ao dizer seu apelido, Canisso, provavelmente você irá dizer na hora que é o baixista do Raimundos, certo?

Um cara que dispensa apresentações e que faz parte de uma das principais bandas do rock brasileiro. Canisso, além de ser um dos músicos mais respeitados no país, possui em seu currículo uma das histórias mais bacanas do rock: já tocou com os Ramones! É o tipo de coisa que jamais será batida por quem quer que seja (a não ser que você já tenha tocado com o Ramones).

Além do Raimundos e Rodox, Canisso fez parte de uma outra incrível banda que já tive oportunidade de assistir, o Rockfellas. Junto com Paul Di’Anno (ex-vocal do Iron Maiden), Jean Dollabella (ex-baterista do Sepultura) e Marcão (ex-guitarrista do Charlie Brown Jr.), esse supergrupo – que teve o Canisso no baixo – fez uma tour apresentando clássicos do rock com um time de muito peso. Se você foi um dos sortudos que conseguiu assistir esse show, saberá do que estou falando.

Raimundos continua na estrada, mais forte do que nunca e se você não curtiu a page da banda não perca mais tempo – clique AQUI. O Nada Pop recebe o Canisso para falar sobre alguns dos álbuns que marcaram sua vida. Confira!

#007 – Os 10 álbuns que influenciaram Canisso

01 – DEAD KENNEDYS – FRESH FRUIT FROM ROTTING VEGETABLES (1980)

Podia escolher VÁRIOS dessa banda, que é sem sombra de dúvidas a minha preferida, me influenciou muito e talvez seja dessa banda o baixista em quem mais me espelho. Esse álbum, em especial, eu escolho por ter sido lançado oficialmente no Brasil, em vinil branco, quando comecei a namorar minha patroa, pra minha surpresa ela também tinha uma cópia, achei que era um ótimo sinal…

01 - DEAD KENNEDYS

02 – IT’S ALIVE! – RAMONES (1979)

Mesmo caso do anterior, difícil escolher um dentre todos, escolho esse por conter a maioria das músicas dos primeiros álbuns, e por apresentar a sequência de músicas que tiramos pra tocar nos primeiros shows do Raimundos.

02 - RAMONES

03 – FAITH NO MORE – KING FOR A DAY, FOOL FOR A LIFETIME (1995)

Amo essa banda, esse disco é irretocável, outro baixista que faz muito a minha cabeça e talvez o melhor vocalista em minha opinião, em ótima forma nessa gravação, depois do hype inicial e do sucesso dos outros álbuns, nesse a banda chegou próxima da perfeição.

03 - FAITH NO MORE

04 – SUICIDAL TENDENCIES – SUICIDAL TENDENCIES (1983)

Esse disco é dos primórdios da banda, ainda bastante cru e punk, mas já com uma boa pitada de crossover, onde as fronteiras do punk & metal começavam a se diluir, mais uma vez difícil escolher apenas um…

04 - SUICIDAL TENDENCIES

05 – METALLICA – KILL THEM ALL (1983)

Outra banda do coração. Poderia escolher o Master of Puppets, mas fico com esse pelo solo de baixo do Cliff Burton, Anesthesia…

05 - METALLICA

06 – ALICE IN CHAINS – DIRT (1992)

Talvez o SEGUNDO melhor vocalista, só perde pro Mike Patton do FNM.

06 - ALICE IN CHAINS

07 – PANTERA – COWBOYS FROM HELL (1990)

Outro petardo da era trash-metal, velocidade, peso e um guitarrista alucinado… Fodástico!!

07 - PANTERA

08 – NINE INCH NAILS – PRETTY HATE MACHINE (1989)

Tinha que escolher algum industrial, outro gênero que eu aprecio, estava entre esse e o Ministry. Vamos com esse, clássico que surpreende quando sabemos que o gênio Trent Reznor gravou e mixou tudo sozinho.

08 - NINE INCH NAILS

09 – QUEENS OF THE STONE AGE – SONGS FOR THE DEAF (2002)

Conheci a banda como curiosidade, pois acompanhava a banda anterior do Josh Homme, KYUSS, na época do Napster. Baixei tudo deles, quando de repente sai esse disco, que causou um frisson danado, trazia na bateria o David Grohl do FF, o que ajudou e muito a promover a banda. Outro disco bom de ouvir, de tocar, o timbre da guitarra é um capitulo à parte, ele usa no seu set um amplificador de BAIXO, por onde faz passar parte do seu sinal de gravação, criando seu som tão particular.

09 - QUEENS OF THE STONE AGE

10 – BECK – MELLOW GOLD (1994)

Quem me conhece sabe que eu sou fã de carteirinha, esse disco em especial lembra uma fase muito legal, tinha acabado de colocar um som no meu fusca, com um subwooffer, era a trilha sonora dos rolês em Sampa, pra onde tínhamos mudado recentemente. Tem uma pegada menos pretensiosa, mais hip-hop, o grave rola solto, lembra um pouco a fase legal dos Beastie Boys.

10 - BECK- MELLOW GOLD

Muito difícil ficar só em 10, eu faria várias listas separando por estilo, os 10 melhores em rock clássico, 10 melhores em punk rock, os 10 melhores em eletrônico, os 10 melhores em metal, por década, por país etc. Essa lista pode variar conforme a memória, com certeza ficou muita coisa de fora, mas foi o que passou pela minha cabeça na hora.

Valeu!!!

Gostou desse Post? Compartilhe!

Sobre o autor

Maurício Martins

Jornalista, pai da Maria Stella, fã de quadrinhos e ficção científica. Aficionado por música, especialmente pelo punk e hardcore. Também é idealizador e editor do Nada Pop.

%d blogueiros gostam disto: